Saiba qual foi a última e assustadora profecia da considerada “Nostradamus dos Bálcãs”

Uma anciã falecida em 1996 é responsável pela previsão de grandes catástrofes mundiais, como o tsunami de 2004 e o 11 de setembro. Agora, um último e sinistro presságio parece começar a se cumprir inexoravelmente.
Trata-se de Baba Vanga, uma mulher nascida na cidade de Strumica, atual território macedônio, quando este ainda pertencia ao Império Otomano. Por causa da incrível precisão com que conseguiu antecipar grandes eventos no mundo, desde a mais tenra idade, ficou conhecida na região como a “Nostradamus dos Balcãs”.
Entre muitas outras previsões, a anciã, que morreu há quase duas décadas, aos 85 anos de idade, previu o atentado às Torres Gêmeas, quando, em 1989, afirmou que “os irmãos norte-americanos” seriam atacados por “duas aves de ferro”. Da mesma forma, antecipou o devastador tsunami que, em 2004, atingiria o litoral tailandês, quando disse: “uma grande onda cobrirá um grande litoral com pessoas e aldeias e tudo vai desaparecer debaixo d’água”.
Entretanto, o mundo voltou sua atenção para uma das últimas previsões da anciã macedônia, que, em 1996, disse que o mundo viveria uma “grande guerra islâmica” até 2016. De fato, muitos atestam que as visões de Vanga já tinham anunciado a Primavera Árabe, apesar de ela ter morrido 14 anos antes.
A anciã afirmou que essa “grande guerra islâmica” começaria na Síria para terminar com o controle absoluto de Roma, por volta de 2043. Além disso, declarou que ali seria estabelecido o Califado definitivo e que a Europa “deixaria de existir”, ao se transformar em um continente “quase vazio” e com “áreas desertas desprovidas de qualquer forma de vida”.
Entre as inúmeras previsões atribuídas a Vanga, há algumas bastante exóticas, como a que diz que alienígenas ajudarão o homem a viver debaixo d’água em 2130, ou uma possível guerra em Marte, em 3005. Por fim, talvez a mais fantástica seja também a mais apocalíptica: ela afirmou que não haverá sobreviventes no planeta Terra por volta de 3797.

Share/Bookmark

0 comentários: