Site revela motivo por trás do bloqueio do WhatsApp

A rede social WhatsApp teve operações bloqueadas no Brasil por não ter quebrado o sigilo para fornecer informações a uma investigação criminal que acontece em segredo de Justiça em São Bernardo do Campo (SP). É o que revelou o site de tecnologia Gizmodo.
De acordo com um documento obtido site, a origem do documento vem do Grupo de Combate às Facções Criminosas (GCF). No documento enviado às operadoras, a ordem pede que elas bloqueiem acesso a domínios e subdomínios do WhatsApp, e também façam tudo “o que for necessário para a suspensão do tráfego de informações, coleta, armazenamento, guarda e tratamento de registro de dados pessoais ou de comunicações entre usuários da rede”.
A decisão do Supremo se deu por excesso de prazo. De acordo com o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), a polícia pediu ao Facebook, que é dono do WhatsApp, para quebrar o sigilo de investigados, mas não obteve resposta. Após notificação, que também não foi respondida, houve uma nova notificação, acompanhada de uma multa pelo não pronunciamento, e aí sim o bloqueio.
O fundador do Facebook e atual dono do aplicativo, Mark Zuckerberg, criticou o bloqueio na manhã desta quinta-feira (17). Na publicação, em seu perfil no Facebook, ele disse que está trabalhando duro para reverter a situação e que “este é um dia triste para o país”. (fonte:NE10)

Share/Bookmark

0 comentários: