Urgente – As manifestações foram um fracasso, que culpa os pastores tiveram?

Vemos neste domingo (13) algumas pessoas irem às ruas para protestar contra o governo da presidenta Dilma. Vemos também alguns pastores convocar o pessoal a participarem dasmanifestações que ocorreram em todo o Brasil.
O deputado e pastor Marco Feliciano usou as redes sociais a semana toda para convocar a população a aderir os movimentos que pedem o impeachment de Dilma. Palavras autoritárias eram usadas nos discursos, porém o que se viu nesse domingo foi que não adiantou a convocação, asmanifestações foram as piores ocorridas neste ano.
O que está errado?
Nos países vizinhos, vemos lideres convocarem a igreja a orar para que Deus mude a história do país, na Argentina um dos principais líderes da igreja convocou os evangélicos a orarem e evitarem manifestações em questões partidárias, porque apenas Deus poderia mudar o quadro do país.
Na Venezuela, um dos maiores líderes evangélicos iniciou uma campanha de oração para que Deus mudasse o país. O resultado foi surpreendente tanto na Argentina quanto na Venezuela. Os resultados das eleições foram surpreendentes e as coisas começaram a mudar.
O problema de pastores que se envolvem em política, é que os mesmos perdem o senso de justiça e de dependência de Deus, e acreditam que com sua mera força ou esforço pode mudar a situação do Brasil. O maior problema, é que infelizmente, esses pastores acabam influenciando muitas pessoas, e trazendo um grande prejuízo espiritual e de conhecimento para a igreja.
A partir do momento que achamos que nossos esforços podem mudar o país, tudo começa a dar errado. As únicas passagens bíblicas dentro do Novo Testamento que se refere à política, mostra explicitamente que o papel da igreja é orar, interceder pelos governantes.
A partir do momento que pensamos que deputados, senadores ou qualquer político pode defender a igreja, deixamos de fazer do Senhor a nossa proteção. Na China a igreja não tem seus representantes, mas lá o evangelho avança de forma extraordinária. Em Cuba, a igreja não tem seus deputados, mas lá a igreja esta mudando radicalmente o país que vive um avivamento.
Enquanto acharmos que Feliciano, Malafaia, Dilma ou qualquer um pode mudar o Brasil, estamos sendo meros miseráveis. A solução vem de Deus, e a receita está em 2 Crônicas 7-14.
Que Deus abençoe o Brasil!
André Santos (Portal Padom)

Share/Bookmark

0 comentários: