A marca da Besta: 5 coisas que em 5 anos desaparecerão

Há cinco anos o mundo era um lugar diferente. Em 2010, o iPad havia acabado de fazer a sua estreia mundial, por exemplo. O Kickstarter, então, foi a introdução de uma nova forma de capital de risco que mudaria o rumo da captação de recursos. A evolução tecnológica parece caminhar a passos tão largos que não é difícil imaginar o que surgirá no intervalo de tempo de apenas cinco anos.
À medida que avançamos, inevitavelmente, deixamos coisas para trás e dispensamos o que não mais nos é útil.
DINHEIRO
Dinheiro, cheque, cartões de crédito e caixas eletrônicos
Hoje, o app Square permite que qualquer comércio aceite cartões de débito ou crédito, até mesmo a divisão da conta do restaurante pode ser feita via mensagem de texto. Em breve, veremos todos os serviços bancários feitos por meio de qualquer dispositivo móvel. De acordo com a Federal Reserve, o Banco Central dos Estados Unidos, o uso do cheque caiu 57% entre 2000 e 2012 no país.
Dos consumidores, 94% dos que têm por volta de 35 anos apenas utilizam os bancos de forma on-line. Segundo um relatório da First Data, um quinto deles nunca utilizou um talão de cheques para o pagamento de contas. Na Europa, quem preenche cheque é chamado de louco.

Fonte: Forbes
OBS: Lembro aos senhores que se esta informação já está sendo transmitidas em canais seculares de comunicações, podem esperar que muito em breve este mecanismo anticristão estará implantado!

Share/Bookmark

0 comentários: