Sol pode produzir superlabareda capaz de destruir a Terra, afirmam cientistas

Um grupo de cientistas da Universidade de Warwick, na Inglaterra, afirmou que o Sol poderá emitir uma superlabareda de consequências desastrosas para o nosso planeta. A pesquisa, publicada pela Astrophysical Journal Letters, foi baseada em uma observação, realizada pelo telescópio espacial Kepler, de uma estranha labareda emitida por uma estrela distante.
Com surpresa e preocupação, os cientistas afirmam que essa labareda seguia padrões muito parecidos com os das labaredas solares conhecidas. Isso significa que, sem sair do seu padrão de atividade, o Sol poderá produzir, em algum momento, um clarão mil vezes mais poderoso que suas labaredas habituais.
A estrela observada é uma binária de nome KIC9655129, que está localizada na nossa galáxia e poderá ter uma física idêntica à do Sol. Essas semelhanças significariam que o Sol tem o poder de produzir uma labareda de mais de 1 bilhão de megatons, fenômeno que colocaria em colapso todos os sistemas de energia e comunicação da Terra.
Para confirmar isso, os cientistas tiveram que determinar se os processos físicos por trás de uma labareda comum e uma superlabareda são os mesmos. Depois de analisar séries temporais em busca dos padrões de onda presentes na curva de luz da superlabareda da estrela KIC9655129, eles chegaram a uma conclusão preocupante: tanto nas labaredas solares como nas superlabaredas estelares estão envolvidos os mesmos processos físicos. E isso confirma a hipótese que o Sol seria capaz, potencialmente, de produzir uma superlabareda devastadora.  (seuhistory.com)

Share/Bookmark

0 comentários: