Stephen Hawking "prevê" 4 possíveis cenários de Fim de Mundo e se enquadra "em cheio" na Bíblia

Hawking foi o convidado deste ano das chamadas Reith Lectures – evento que desde 1948 convida pessoas de projeção pública para uma série anual de palestras transmitida pela emissora de rádio BBC.
Segundo o cientista, existem quatro cenários possíveis para um fim do mundo "criado pela própria humanidade". Afirma que o progresso na ciência e tecnologia criará "novas formas de as coisas darem errado".
"Apesar de serem baixas as possibilidades de um desastre no planeta Terra em um ano qualquer, isso vai se acumulando com o tempo e se transforma em uma quase certeza para os próximos mil ou dez mil anos", disse Hawking.
Hawking já fez vários alertas antes a respeito dos perigos que a humanidade estava criando.
Veja abaixo os quatro possíveis motivos para um fim do mundo, segundo a opinião do cientista.
1) Inteligência artificialStephen Hawking acredita que os esforços para criar máquinas que pensem sozinhas são uma ameaça à nossa existência.
"O desenvolvimento de uma inteligência artificial total (AI) pode levar ao fim da raça humana", disse o físico à BBC em 2014.
Segundo ele, as formas primitivas de inteligência artificial desenvolvidas até o momento já provaram ser úteis, mas Hawking teme as consequências de se criar algo que possa se igualar ou até superar os humanos.
"(As máquinas) iriam evoluir sozinhas, refazer o próprio projeto a uma velocidade cada vez maior. Humanos, que são limitados por uma evolução biológica lenta, não poderiam competir e seriam substituídos."
Hawking não é o único que teme a inteligência artificial.
O cinema americano já tratou a questão como uma ameaça em vários filmes como 2001: Uma Odisseia no Espaço (de 1968), Bladerunner (de 1982), a série de filmes O Exterminador do Futuro, entre outros.
2) Guerra nuclear
"O fracasso humano que eu mais gostaria de corrigir é a agressão", disse Hawking em uma palestra no Museu da Ciência de Londres, em 2015.
"Pode ter sido uma vantagem para a sobrevivência na época dos homens das cavernas, para conseguir mais comida, território ou parceiros para reprodução, mas agora é uma ameaça que pode destruir todos nós."
As armas de destruição em massa atuais são capazes de acabar com a vida na Terra, e a proliferação dos arsenais nucleares é uma grande preocupação mundial.
"Uma grande guerra mundial significaria o fim da civilização e talvez o fim da raça humana", disse Hawking.
3) Vírus criado por engenharia genética
E as armas nucleares podem não ser a pior ameaça entre as invenções da humanidade.
Em 2001, Hawking disse ao jornal britânico Daily Telegraph que a raça humana enfrenta a perspectiva de ser exterminada por um vírus criado por ela mesma.
"No longo prazo, fico mais preocupado com a biologia. Armas nucleares precisam de instalações grandes, mas engenharia genética pode ser feita em um pequeno laboratório. Você não consegue regulamentar cada laboratório do mundo. O perigo é que, seja por um acidente ou algo planejado, criemos um vírus que possa nos destruir", disse o cientista ao jornal.
"Não acho que a raça humana vai sobreviver aos próximos mil anos, a não ser que nos espalhemos pelo espaço. Há muitos acidentes que podem afetar a vida em um único planeta."
Novamente, temores como esse já foram retratados por Hollywood. Filmes como 12 Macacos, Guerra mundial Z, Eu Sou A Lenda e a série Resident Evil são apenas alguns dos que mostram um cenário no qual vírus feitos pelos homens destroem a sociedade.
4) Aquecimento global
Planeta Venus - Árido, quente e tóxico
Stephen Hawking descreveu um cenário futurístico apocalíptico no documentário A Última Hora, de 2007.
"Uma das consequências mais graves de nossas ações é o aquecimento global, causado pela emissão de crescentes níveis de dióxido de carbono resultantes da queima de combustíveis fósseis. O perigo é que o aumento da temperatura se transforme em (um processo) autossustentável, se é que já não está assim."
"Secas e devastação de florestas estão reduzindo a quantidade de CO2 que é reciclada na atmosfera", afirmou.
"Além disso, o derretimento das calotas polares vai reduzir a quantidade de energia solar refletida de volta para o espaço e assim aumentar ainda mais a temperatura. Não sabemos se o aquecimento global vai parar, mas o pior cenário possível é que a Terra se transforme em um planeta como Vênus, com uma temperatura de 250 graus na superfície e chuvas de ácido sulfúrico."

"A raça humana não pode sobreviver nestas condições", acrescentou.

Verdade Bíblica
De todas as teorias de Hawking, o cenário 2 previsto pelo cientista é bastante realista e se enquadra perfeitamente em um texto Bíblico.
A Palavra de Deus nos dá pistas do que está prestes a ocorrer no fim dos tempos, e como será o destino do Terra após a volta de Jesus, veja o que escreve o Apóstolo Pedro:
"Amados, escrevo-vos agora esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero;
Para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas, e do nosso mandamento, como apóstolos do Senhor e Salvador.
Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências (vontades pecaminosas),
E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? (zombando sobre a vinda de Jesus, como fazem abertamente nos dias de hoje).
Porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.
Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste.
Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio (fazendo uma clara referência ao grande dilúvio que exterminou os seres viventes mais antigos).
Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios." (2 Pedro 3:1-7)

Vejam que o Apóstolo Pedro afirma (por revelação do Espírito Santo de Deus) que o final dos tempos será dado pelo fogo - podendo ser através de uma grande guerra nuclear, por exemplo - contrariando teorias de choque de asteroide ou inundação dos continentes por derretimento de calotas polares.

Pedro segue com o texto:
"O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.
Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. (novamente fazendo uma referência ao final dos tempos pelo fogo)
Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato, e piedade,
Aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão?
Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça. (salvação eterna na glória com Cristo).
Por isso, amados, aguardando estas coisas, procurai que dele sejais achados imaculados e irrepreensíveis em paz (Pedro orienta que as pessoas procurem viver em santidade e em obediência à Palavra de Deus)." (2 Pedro 3:9-14)

O que acham.... coincidência?
Acham que a Bíblia é "historinha pra boi dormir"?
Cada um faz da vida o que bem quiser, eu sigo com Cristo... em busca de santidade e de andar em obediência à Sua Palavra.
Pois analisando o comportamento das pessoas e o rumo que a nossa sociedade está tomando... acredito fielmente que os dias da volta do nosso Senhor Jesus estão mais próximos do que nunca.
Por Leonardo Souza

Share/Bookmark

0 comentários: