Governo corta térmicas e bandeira das contas de luz será amarela em março

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, anunciou nesta quarta-feira que, por conta do melhor cenário de chuvas nos últimos meses, o Brasil vai desligar mais usinas térmicas a partir de 1º de março, o que deverá levar a bandeira tarifária para o nível amarelo a partir do próximo mês, no custo de R$ 1,50 a cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos. A bandeira para este mês é vermelha no patamar 1, com custo de R$ 3,00.
Segundo Braga, serão desligados mais 2 mil Megawatts (MW) de térmicas, representando o desligamento de usinas com custo acima de R$ 420 por Megawatt-hora (MWh). No ano passado, o governo já havia desligado em agosto usinas acima de R$ 600 MW, reduzindo a cobrança da bandeira vermelha que havia chegado ao pico de R$ 5,50.

Share/Bookmark

0 comentários: