A maior manifestação da história brasileira

Como diria o ex-presidente Lula... "nunca antes na história deste país"... tanta gente foi para as ruas protestar contra um governo. Em praticamente todas as capitais que realizaram manifestações neste domingo, o comparecimento foi maior do que as de março do ano passado e até da chamada "jornada de junho", em 2013, que teve como estopim o aumento das passagens de ônibus em São Paulo.
Tal comparecimento vai exigir do governo uma manifestação. Somente na primeira manifestação, em março de 2015, o governo se manifestou com aquelas palavras do então ministro da Secretaria-Geral da presidência, Miguel Rossetto, que minimizou a importância afirmando que eram pessoas que não haviam votado em Dilma. Depois o governo passou a dizer que manifestações fazem parte do processo democrático.
A avaliação do governo e a resposta que ele dará a estes milhões de pessoas que foram às ruas vai dar uma noção de como o governo vai reagir diante desta clara manifestação de rejeição. É possível avaliar, entretando, que comparecimento tão significativo deve turbinar o processo de impeachment que está em discussão no Congresso.
Até aqui, o caminho que resta ao governo é tentar reaglutinar sua base para rejeitar este pedido de afastamento. Mas, pelo que se vê, não é possível considerar que tenha os votos necessários para barrá-lo. No máximo, pode conseguir retardar sua tramitação. (Cristiana Lôbo)

Share/Bookmark

0 comentários: