Depois de Serra Talhada, agora foi a vez das mulheres de Triunfo sofrerem com vídeos difamatórios

Cerca de 38 mulheres prestaram queixa na Delegacia de Triunfo, no Sertão de Pernambuco, sobre fotos que circulam nas redes sociais atreladas a pornografia, com imagens e palavras de baixo calão.
Segundo uma das vítimas, a polícia disse que não poderia fazer nada, porque não tinha como descobrir quem foi o autor do vídeo.
Algumas vítimas procuraram a Rádio Triunfo FM na manhã dessa terça-feira (08), para mais uma vez denunciar os crimes cibernéticos que elas estão sofrendo.
Vale lembrar que em Serra Talhada, há mais ou menos uma semana, cerca de 100 mulheres foram vítimas dos crimes cibernéticos, tendo imagens delas nas mídias sociais com conteúdo pornográfico. A vítimas contaram que Policiais Civis chegaram a orientá-las a desistir de levar o caso adiante, pois como aconteceu em outros fatos semelhantes, este também não deverá chegar a culpados. Elas contaram ainda que tiveram muita dificuldade para registrar o boletim e que não tiveram acesso ao Delegado Olegário Filho, responsável pelas investigações.
por Jornal Desafio | Ranielly Batista

Share/Bookmark

0 comentários: