Manifestantes anti-Lula picham acesso a sítio em Atibaia

Manifestantes anti-Lula picham acesso a sítio em Atibaia frequentado pelo ex-presidente e familiares
Manifestantes contrários ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva picharam na madrugada desta terça-feira (1º) o acesso ao sítio de Atibaia que é frequentado por familiares do petista.
A mensagem "Lula na cadeia" foi pintada a poucos metros do portão de entrada, em protesto organizado por grupo favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.
O mesmo movimento responsável pela ação é um dos que prepara manifestação para quinta-feira (3), data em que Lula e sua mulher, dona Marisa, devem depor ao Ministério Público Estadual. A defesa do ex-presidente procura evitar a condução coercitiva do casal e informou que Lula e Marisa não comparecerão.
Ambos foram citados para prestar esclarecimentos na investigação sobre possível ocultação de patrimônio no caso de um tríplex no Guarujá.
Além da investigação da promotoria de São Paulo, Lula também é investigado por procuradores da Operação Lava Jato, que apuram se o ex-presidente recebeu vantagens indevidas durante o seu segundo mandato de presidente.
O pecuarista José Carlos Bumlai e as construtoras Odebrecht e OAS são suspeitos de terem formado uma espécie de consórcio informal para dar o sítio de presente a Lula.
Na semana passada, a mensagem "Lula na cadeia" foi pichada em frente ao prédio da construtora OAS em São Paulo, na avenida Angélica, na região central da cidade.
A força-tarefa da Lava Jato também desconfia de que o sítio em Atibaia e otríplex no Guarujá tenham relação com lavagem de dinheiro. 
Avener Prado/Folhapress

Share/Bookmark

0 comentários: