Após colapso de um ano sem água, cidades do Sertão do Pajeú se recuperam da estiagem

Barragem de Brotas após as últimas chuvas. Foto: Internet / Reprodução
Após uma semana de chuva forte no Sertão do Pajeú, cidades que há meses estavam sem distribuição de água devido o racionamento podem comemorar, é o caso do município de Brejinho que há um ano e três meses estava sem água nas torneiras. A cidade de Itapetim ficou dois anos e 6 meses sem água também.
A Compesa anunciou esta semana que os respectivos municípios saíram do racionamento após chuvas que tiraram os mananciais da região do colapso da estiagem.
Segundo o chefe de Distribuição da Compesa, Washington Jordão, os dois municípios possuem volume de água para passarem dois anos sem haver chuva. Ainda informou que o prazo para restabelecimento de distribuição de água nas duas localidades irá acontecer entre 15 e 30 dias, tempo que será destinado a manutenção e revisão de tubulações.

BARRAGEM – Em Afogados da Ingazeira, a Barragem de Brotas, com as chuvas, saiu de 1% da sua capacidade para aproximadamente 15% – porcentagem que representa 4 m e 15 centímetros da parede da barragem.
Âncora do Sertão

Share/Bookmark

0 comentários: