Avançam obras de construção da creche de Jabitacá

Em breve o distrito de Jabitacá, município de Iguaracy, será agraciado com a entrega de sua mais nova creche, tipo “C”, que atenderá as crianças de 0 a 5 anos residentes na comunidade. O Projeto Padrão Tipo C desenvolvido para o Programa Proinfância, tem capacidade de atendimento de até 120 crianças, em dois turnos (matutino e vespertino), e 60 crianças em período integral.
O novo prédio localizado na Rua Judite Bezerra, próximo ao CAE (Centro de Atividades Econômicas), abrigará um amplo espaço de cuidado e recreação dos pequenos, dispondo de várias salas e cômodos necessários para o conforto e educação.
A construção se aproxima da etapa final e segue avançando em sua normalidade.
Nos momentos em que as obras estiveram paralisadas, o Governo Municipal cobrou firmemente a continuidade do trabalho pela empresa responsável, chegando ao ponto de brigar na justiça para que fosse retomado, o que já pode ser constatado no local.
As famílias poderão contar com uma nova e moderna estrutura de ensino para o desenvolvimento educacional de seus filhos. Após a conclusão da obra, a creche proporcionará educação de qualidade às crianças, como também possibilitará que os pais possam se dedicar a uma atividade profissional.
A continuidade de realizações como essa, e de demais que estão sendo concluídas no município, reforçarão ainda mais o compromisso assumido na elaboração do Plano Municipal de Educação 2015 – 2025. Uma das metas estabelecidas no plano trata exatamente da universalização da Educação Infantil na Pré-Escola e da ampliação da oferta de Educação Infantil em creches, de forma a atender no mínimo 40% (quarenta por cento) das crianças de até 3 anos, até o final da vigência do PME.

ESTRUTURA COMPLETA
O projeto adota os seguintes critérios: Facilidade de acesso entre os blocos; Segurança física que restringem o acesso das crianças desacompanhadas em áreas como cozinha, lavanderia, castelo d’água, central de gás, luz e telefonia; Circulação entre os blocos com no mínimo de 80 cm, com piso contínuo, sem degraus, rampas ou juntas; Ambientes de integração e convívio entre crianças de diferentes faixas etárias como: pátios, solários e áreas externas; Interação visual por meio de elementos de transparência como instalação de vidros nas partes inferiores das portas, esquadrias a partir de 50 cm do piso e paredes vazadas entre os solários; Equipamentos destinados ao uso e escala infantil, respeitando as dimensões de instalações adequadas, como vasos sanitários, pias, bancadas e acessórios em geral. Tais critérios destinam-se a assegurar o conforto, saúde e segurança dos usuários na edificação.

Share/Bookmark

0 comentários: