Joel da Harpa se solidariza com candidatos prejudicados em concurso da PM

Em discurso na Reunião Plenária desta terça (31), o deputado Joel da Harpa (PTN) foi à tribuna oferecer apoio aos candidatos do último concurso da Polícia Militar de Pernambuco, que estão se sentindo prejudicados nesse processo de seleção. Os postulantes apontam desorganização e irregularidades na fiscalização da prova, realizada no último domingo (29). Entre as denúncias estão o uso de pontos eletrônicos, celulares, relógios e apostilas por alguns candidatos, além de atrasos no início da avaliação em certos locais de provas.
O parlamentar anunciou que iria acompanhar o grupo até o Palácio do Campo das Princesas. “Temos centenas de candidatos buscando uma resposta do poder Executivo. Vamos cobrar explicações da banca organizadora sobre esse concurso que, na minha opinião, precisa ser reavaliado”, comentou. Joel da Harpa informou que também acionará o Ministério Público do Estado para intervir na questão.
Representando o grupo que ocupou as galerias da Assembleia nesta terça, o candidato Alef Barreto pede a anulação do certame. “Vi pessoas entrando com bolsas no banheiro e consultando livros e celulares”, alertou. Para Túlio Fonseca, outro estudante que se sente lesado, “é impossível competir por uma vaga nesse ambiente de desigualdade que se criou”, concluiu.

Share/Bookmark

0 comentários: