Polícia prende falso padre em Sousa na Paraíba

A Polícia Civil da Paraíba, por meio de um trabalho executado pelo Grupo Tático Especial (GTE) da 19ª Delegacia Seccional, com sede na cidade de Sousa, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Antonio Artagnan de Lima, de 40 anos, conhecido por ‘Frei Rodrigues’ ou ‘Missionário Artagnan’. 
De acordo com a delegada titular da seccional, Patrícia Forny, a prisão foi possível após um trabalho em conjunto da Polícia Civil da Paraíba com a as Polícias dos Estados do Ceará (CE) e ainda no Distrito Federal (DF). “Recebemos a denúncia que ele se passava por padre em cidades do Sertão da Paraíba. Ele se identificava como Frei, e chegou a celebrar casamentos e batismos. O golpe já teria sido aplicado em outros Estados e a prisão aconteceu após uma investigação conjunta das Polícias da Paraíba, Ceará e Brasília”, disse a autoridade policial.
Ainda segundo a delegada Patrícia Forny, Antonio Artagnan informava que era um ex-Padre e viajava pelo país pregando e dando testemunhos em igrejas católicas e evangélicas. O suspeito foi preso em uma pousada na cidade de Sousa, no Sertão paraibano, onde ele também aplicava golpes. Ele pedia dinheiro aos fiéis para hospedagens e alimentação.
O preso é cearense e tinha residência em Brasília, mas viajava por outros Estados. “A investigação em conjunto se deu depois que recebemos a informação da Polícia Civil de Brasília informando que ele estava aplicando golpes em cidades do Sertão da Paraíba e começamos as buscas pela região”, disse a delegada, acrescentando que o suspeito já possuía um mandado de prisão expedido pela Justiça da cidade de Fortaleza, no Ceará. Ele também responde processo por corrupção de menores. Depois de preso, Antonio Artagnan foi conduzido para a Colônia Penal Agrícola de Sousa, mas deve ser transferido para uma Unidade Prisional do Ceará.

Share/Bookmark

0 comentários: