Prefeituras devem indicar gastos com shows

A Assembleia Legislativa aprovou projeto do deputado Rodrigo Novaes, que obriga as prefeituras a colocar placa nos shows que patrocina, informando o custo total, discriminando o cachê dos artistas e as outras despesas. E o TCE está de olho em municípios que gastam fortunas com shows e estão com o pagamento dos servidores atrasado.
A decisão vem ao mesmo tempo da polêmica sobre o show de Wesley Safadão em Caruaru. O cantor, que tem um dos cachês mais altos do país, recebeu R$575 mil para se apresentar no São João da cidade. O problema é que, para fazer o mesmo show em Campina Grande, Safadão recebeu R$195 mil, quase 300% de diferença. No ano passado, o cachê do cantor em Caruaru foi R$310 mil.
Agora, uma ação popular pede o cancelamento da apresentação do Safadão, que está marcada para o próximo dia 25. O Ministério Público também notificou o prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT) para prestar esclarecimentos sobre os custos da festa e as disparidades nos pagamentos. A cidade tem um gasto previsto com o São João de R$4,1 milhões. (João Alberto)

Share/Bookmark

0 comentários: