Um em 4 gays ou bissexuais nunca fez teste de HIV, diz estudo britânico

Um grande estudo realizado no Reino Unido mostra que os homens estão fazendo o teste de HIV mais do que nunca. Mas, mesmo assim, um em cada quatro homossexuais e bissexuais nunca passou pelo exame.
Os resultados fazem parte da maior pesquisa sobre saúde sexual de homens que fazem sexo com homens naquele país, com mais de 15.300 participantes. Do total, 77% haviam sido testados para o HIV, contra um percentual de 72% registrado em 2010. E mais da metade tinha feito o exame nos 12 meses anteriores à pesquisa . Em 2010, a proporção era de apenas 36%.
Os autores do trabalho, da London School of Hygiene & Tropical Medicine, alertam que um em quatro ainda é um número muito alto – o diagnóstico precoce do HIV é importante para evitar transmissões e o desenvolvimento da doença.
A pesquisa mostrou que o uso do preservativo continua a ser um problema. Um em cada três homens gays sexualmente ativos tiveram sexo anal desprotegido com pelo menos um parceiro eventual nos 12 meses anteriores ao levantamento.
Embora a maioria dos entrevistados com HIV tenham negado que álcool e drogas tiveram influência para a infecção pelo vírus, 42% afirmaram que houve, sim, essa relação. Do total de participantes, 7% se declararam usuários de drogas pesadas, como GBH, GBL e metanfetamina.
Outros dados interessantes levantados pelos pesquisadores: apenas 60% dos entrevistados estavam satisfeitos com sua vida sexual, sendo que os homens com mais de 65 anos eram os que tinham maior probabilidade de relatar que estavam contentes e, os de 40, os menos satisfeitos.

Share/Bookmark

0 comentários: