Extensionistas participam de curso sobre práticas agroecológicas em Afogados da Ingazeira

Socializar experiências agroecológicas e promover a vivência prática dos conhecimentos. Esse é o objetivo do curso Práticas Agroecológicas, realizado entre os dias 11 e 15 de julho, pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), em Afogados da Ingazeira. A iniciativa é promovida pela Diretoria de Extensão Rural/Departamento de Educação Profissional (DEED) do IPA, por meio das ações do Grupo de Estudos, Sistematização e Metodologia em Agroecologia – GEMA.
Extensionistas das gerências regionais de Afogados da Ingazeira e Arcoverde participaram do curso e realizaram as práticas nos sítios Curral Velho e Serrote Verde. As propriedades pertencem às famílias dos agricultores e agricultoras, Valmir Bezerra e Ednamar, e Rosa e Edgar Santos, respectivamente.
Durante as aulas práticas, foram trabalhados os seguintes temas: podas de fruteiras em sistema agroflorestal, implantação de canteiros agroecológicos, consórcio diversificado de plantas alimentares e adubo verde, canteiro econômico para produção de verduras e hortaliças, confecção de armadilhas atrativas de insetos e controle alternativo de pragas. Também foram trabalhados temas relacionados a sementes crioulas, banco comunitário de sementes e transição agroecológica.
“O curso é uma oportunidade para os técnicos e técnicas se capacitarem a partir de ferramentas participativas de assistência técnica e extensão rural (Ater), metodologicamente, alinhadas ao paradigma agroecológico”, explica a gerente do DEED, Milze Luz. Para o extensionista, João Petersson, os conhecimentos adquiridos são de grande importância para a realização do trabalho no campo. (Marcos Montinely)

Share/Bookmark

0 comentários: