TV revela imagem de hematoma no rosto da modelo e atriz Luiza Brunet

TV revela imagem de hematoma no rosto da modelo e atriz Luiza Brunet
O programa "Fantástico", da TV Globo, revelou na noite deste domingo (3) a imagem da modelo e atriz Luiza Brunet com hematoma no rosto, próximo ao olho direito. A fotografia está no processo por agressão que a atriz move contra o empresário e ex-namorado, Líria Parisotto, em São Paulo. Ela o acusa de tê-la agredido com um soco no dia 21 de maio.
"Mantive uma união estável com um homem que acreditava que cuidaria de mim. Me enganei. Fui vítima de grave agressão. Tive medo de denunciar, tive vergonha", contou ela, por meio de nota enviada à emissora. "Infelizmente, ainda vivemos na cultura de que a vítima é que é a culpada de alguma forma. Só quem vive isso sabe da dor e dos sentimentos conflitantes que tomar conta da gente", completou.
Em entrevista ao jornal "O Globo", Luiza Brunet afirmou ter dado entrada na representação da queixa no Ministério Público de São Paulo, com um laudo do IML. Segundo a atriz, Lírio se exaltou durante um jantar, em Nova York, após ser perguntado se o casal iria a uma exposição de fotos. Ele respondeu que não queria ir pois, em outra ocasião, havia sido confundido com o ex-marido da atriz.
"Fui para Nova York acompanhá-lo para o evento Homem do Ano. Saímos do restaurante e pegamos um Uber. Ao chegar ao apartamento, ele me deixou dentro do carro e subiu", disse ela.
Em seguida, quando Luiza chegou ao apartamento, ela conta que começou a ser agredida por Lírio enquanto estava sentada. De acordo com a atriz, o empresário desferiu um soco em seu olho, seguido de vários chutes, e a imobilizou, quebrando quatro costelas delas. A atriz ameaçou gritar por ajuda e conseguiu se desvencilhar. Ela se trancou no quarto e só saiu de lá no dia seguinte, quando voltou ao Brasil.
"Eu sempre tive uma família estruturada e sempre fui discreta em minha vida pessoal. É doloroso aos 54 anos ter que me expor dessa maneira", afirmou Luiza. "Mas eu criei coragem, perdi o medo e a vergonha por causa da situação que nós, mulheres, vivemos no Brasil. É um desrespeito em relação à gente. O que mais nos inibe é a vergonha. Há mulheres com necessidade de ficar ao lado do agressor por questões econômicas, porque está acostumada ou mesmo por achar que a relação vai melhorar".
Procurada pela reportagem do UOL, a assessoria da atriz informou que ela está se recuperando dos ferimentos e não pretende falar novamente sobre o assunto. "Está em recuperação e tomando remédios", disse.

Ex-namorado nega acusações
O empresário Lírio Parisotto afirmou que nunca agrediu homem ou mulher e lamentou a exposição de um episódio que considera "íntimo".
"Nunca na vida agredi homem, muito menos mulher que respeito muito, quem me conhece sabe. Isto não me tira o direito de me defender de tentativas de agressão através de tapas, chutes, mordidas, unhadas etc... Tento me defender através da imobilização. Se o caso for para a justiça será lá que será esclarecida a verdade. Muita paz as pessoas do Bem. Por fim este é um canal de comunicação com pessoas de que aceitei me seguirem. Agradeço a compreensão. E a vida segue. Não quero mais polemizar este assunto. Só a justiça esclarecerá, terei o máximo prazer em informar. Aguardem um pouco", escreveu em sua conta do Instagram.

Share/Bookmark

0 comentários: