Crueldade: Abandonado e sem comida, cachorro agoniza e morre de fome na Madalena

Cachorro da raça pastor alemão morreu na tarde deste sábado (27). Segundo ONG de proteção animal, a causa é maus tratos
Cachorro seria vítima de maus tratos, afirmam ativistas
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
JC Online
A associação de proteção animal S.O.S Quatro Patas denuncia que um cão de guarda da raça pastor alemão morreu em decorrência de maus tratos, na casa de número 449, na Rua Doutor Berardo, próximo ao Mercado da Madalena, Zona Oeste do Recife. Duas participantes do grupo levaram comida ao animal na manhã deste sábado (27), mas o encontraram agonizando. Ele faleceu em seguida.
A ativista Giani Silvestre relata que procurou a empresa responsável pelo cão, mas não recebeu retorno. "Nós procuramos a Polícia Militar, pedimos que nos ajudassem, mas não fizeram nada. Também ligamos para a empresa responsável pelo cachorro. Uma funcionária questionou a nossa denúncia e não enviou ninguém para prestar assistência", comenta Giani.
ABANDONO
Guardadores de carros nas redondezas confirmaram que o animal estava abandonado. "Um funcionário vinha a cada quatro dias para cá e trazia um saquinho de ração para alimentar o cachorro. Um cão de grande porte não come uma vez a cada quatro dias. A gente [lavadores de carros] jogava comida para ele por cima da grade", afirma o flanelinha Alex de Oliveira.
A ativista Giani Silvestre, junto a uma colega, vão fazer um Boletim de Ocorrência para denunciar a situação. A reportagem do Jornal do Commercio procurou os responsáveis pelo cão. A empresa decidiu não se pronunciar.

Share/Bookmark

0 comentários: