ESCRAVOS DA TECNOLOGIA: Pokémon Go é lançado no Brasil com alta popularidade

"Pokémon Go" já pode ser baixado nas lojas brasileiras de aplicativo da Apple e do Google. O game começou a funcionar no Brasil nesta quarta-feira (3). Em um primeiro momento, o jogo ficou disponível apenas em versões para quem tem contas na App Store dos EUA.
Desde que chegou aos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia em 5 de julho, "Pokémon Go" se transformou em um fenômeno.
Nos dias 27 e 28 de julho de 2016, o PiniOn realizou uma pesquisa sobre o jogo Pokémon Go com 1770 pessoas de todo o país que compõem a base do PiniOn (usuários de smartphone com mais de 18 anos de idade).
Os principais resultados apontam para a alta popularidade do jogo e a confiança dos brasileiros para permitir acesso de aplicativos aos seus smartphones.

Clique abaixo e confira números: -> 90% de todos os entrevistados já ouviram falaram sobre o aplicativo Pokémon Go.
-> 92% dos entrevistados que já ouviram falar sobre o jogo Pokémon Go acreditam que as pessoas devem se preocupar com a sua segurança jogando o jogo em celulares pelas ruas do Brasil.
-> 80% dos entrevistados não acreditam que as permissões de acesso que o aplicativo Pokémon Go realiza quando instalado em um celular (tais como agenda de contatos e localização da pessoa) podem prejudicar seu sucesso no Brasil.
-> 85% dos entrevistados concordam em afirmar que as pessoas devem ficar mais atentas às permissões de acesso que os aplicativos fazem quando instalados em um smartphone.
-> Para 51% dos entrevistados que já ouviram falar do jogo Pokémon Go, o sucesso dele vem da tecnologia de realidade aumentada; para 35%, da popularidade do desenho animado e dos personagens do Pokémon; e, para 10%, da propaganda envolvida.
-> 24% de todos que participaram desta pesquisa conhecem outros jogos e aplicativos que utilizam realidade aumentada e 65% destes já jogaram algum jogo deste tipo.
-> 45% dos entrevistados que já ouviram falar sobre o jogo se interessaram por baixar o aplicativo; e 39% disseram que estão ansiosos para isso.
-> Estes percentuais crescem entre aqueles que já assistiram os desenhos animados do Pokémon: 50% destes se interessaram por baixar o aplicativo e 44% estão ansiosos para baixar o aplicativo. Se considerarmos somente os entrevistados que já jogaram jogos de vídeo game do Pokémon, estes índices sobem ainda mais: 71% destes se interessaram por baixar o aplicativo; e 65% se disseram ansiosos para baixar o aplicativo.
-> Para 63% dos entrevistados que já ouviram falar sobre o jogo Pokémon Go a relativa demora para a chegada do jogo no Brasil pode fazer com que o interesse dos jogadores brasileiros diminua.
-> 34% dos entrevistados que se interessaram por baixar o aplicativo disseram que pretendem comprar itens dentro do aplicativo. Em média, eles pretendem gastar R$35,85 por mês com compras de itens dentro do aplicativo.
-> 8% dos entrevistados que se interessaram em baixar o aplicativo não entrariam em estabelecimentos comerciais para capturar Pokémons; 59% entrariam desde que não tivessem que consumir nada; e 33% entrariam mesmo que tivessem que consumir alguma coisa.
-> 30% dos entrevistados não se deslocariam para eventos e lugares específicos onde o jogo disponibilizasse Pokémons raros para captura, estes só pretendem jogar nos lugares onde já se encontrem por alguma outra razão; 52% disseram que se deslocariam dentro da sua própria cidade para capturar estes Pokémons raros e participar de eventos do jogo; 12% se deslocariam dentro de seu estado; e 6% viajariam até outros estados com este objetivo.
-> 86% acham que o jogo Pokémon Go pode expor as pessoas a perigos nas cidades brasileiras mais do que o que vem acontecendo em cidades de outros países onde o jogo já chegou.

Share/Bookmark

0 comentários: