Ivete defende casal gay, mas depois é processada por estes que agora querem 1,3 milhão de indenização.

Ivete Sangalo está sendo processada através de sua empresa por um casal de homossexuais. Caio Rocha e Daniel Paschoal foram agredidos no dia 11 de junho enquanto assistiam no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo, um show da cantora. Na ocasião, a artista lamentou a agressão aos seus fãs e se disse decepcionada. Agora, recebeu com tristeza o processo.
Os jovens processam o CTN e a IS Produções e Eventos, de propriedade de Ivete, na 12ª Vara Cível do Foro Central de São Paulo. Na ação, o advogado Ângelo Carbone pede R$ 1,3 milhão de indenização. A informação é do colunista Leo Dias, do jornal "O Dia", nesta segunda-feira (1º). Recentemente, ao se apresentar na micareta do Fortal, a cantora fez uma declaração para os seus fãs gays. "Eu quero que eles se amem, que sejam felizes!", afirmou a artista confirmada na próxima edição do "The Voice Kids".

Share/Bookmark

0 comentários: