Rio 2016: Thiago Braz conquista a segunda medalha de ouro para o Brasil

A nona medalha do Brasil na Rio-2016 veio do salto com vara. O brasileiro Thiago Braz, em uma noite inspirada, conseguiu a medalha de ouro, a primeira no atletismo brasileiro desde Pequim-2008, quando Maurren Maggi obteve o ouro no salto em distância. De quebra, obteve o recorde olímpico da competição, com 6,03m.
Thiago Braz conquistou nos Jogos a sua melhor marca pessoal. E venceu nada menos o francês Renaud Lavillenie, campeão olímpico em 2012, quando alcançou a marca de 5,97m,. O próprio atleta europeu ainda havia conquistado os 5,98m, quebrando o recorde nesta segunda-feira, o que obrigou o brasileiro a saltar a marca que lhe deu o título olímpico.
Antes de obter o ouro, o brasileiro começou de maneira irregular. Fez o primeiro salto com 5,65m, mas acabou falhando em sua segunda tentativa, nos 5,75m. Após isso, conseguiu uma sequência de duas marcas, proporcionando os 5,85m. Com os erros de Jan Kudlicka, da República Tcheca, e de Piotr Lisek, da Polônia, o brasileiro conquistava ao menos o bronze. O erro do norte-americano San Kendrick, na sequência, garantia a prata ao brasileiro.
A partir de então, começou a briga pelo ouro. Lavillenie saltou para os 5,98m e garantia naquele momento o ouro e o recorde olímpico. De forma arriscada, Thiago Braz aumentou o sarrafo em cinco centímentros. Na primeira oportunidade, errou. Na sequência viu o francês errar novamente. Foi aí que o brasileiro conseguiu a sua melhor marca, obrigando o francês a superar a sua marca, o que não aconteceu, dando a segunda medalha de ouro para o Brasil.

Share/Bookmark

0 comentários: