Caso Beatriz: Polícia divulga imagens do suspeito e revela que dois DNAs encontrados são masculinos

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta quinta-feira (08), o delegado Marceone Ferreira e o perito Gilmário Lima apresentaram os avanços da investigação do caso Beatriz Angélica e reforçaram o empenho da polícia em elucidar o crime. De acordo com o delegado, uma das novidades é a presença de dois DNAs masculinos diferentes, sendo que um foi encontrado na faca, o que indica ser do autor, e outro nas unhas da mão direita da garota. Além disso, ficou constatado através de exames que a faca do crime era nova e que havia sido usada pela primeira vez, já que exames apontaram presença de silicone na ponta da faca de seis polegadas.
“Nós já realizamos 65 comparações de DNA e nenhum ainda foi compatível com os perfis encontrados na faca e nas unhas de Beatriz. A polícia não vem medindo esforço para elucidar esse caso, é número um no estado em dedicação da polícia, a gente vem incansavelmente buscando suspeitos, há uma equipe trabalhando exclusivamente caso dia e noite, e acreditamos que iremos chegar nessas pessoas.”, afirma Marceone. Ele ainda relata que os profissionais trabalham sem feriado ou final de semana para checar todas as denúncias que tem chegado diariamente e continuam trabalhando com imagens da festa que chegam a todo momento.
A polícia está buscando junto a polícia dos Estados Unidos, uma forma de fazer o retrato falado do autor por meio do material genético. “Há uma possibilidade e isso já foi feito lá e se chegou ao autor do crime com base nesse retrato falado.”, pontuou o delegado. Ainda durante a entrevista a polícia mostrou um vídeo onde o suspeito transita ao redor do colégio, pelas ruas que dão acesso à quadra onde acontecia a festa, e mostra o exato momento que ele cruza o portão e adentra o local do evento. Ao todo, 182 pessoas já prestaram depoimento na delegacia. (Via: Blog do Edenevaldo Alves)

Share/Bookmark

0 comentários: