Bandido acusado de assassinar conselheiros tutelares de Poção, é preso no Maranhão

O serratalhadandense, Welington Silvestre dos Santos, vulgo “Chave de Cadeia”, foi preso nesta terça-feira (25), no interior do Maranhão. Segundo informações do Portal Nayn Neto, o Delegado Titular da 5ª Regional de Pinheiro-MA e sua equipe efetuaram a prisão por porte ilegal de arma de fogo. Ao ser verificado no sistema de informação, foi que se teve noção da alta periculosidade do suspeito.
Welington Silvestre dos Santos é acusado, dentre outros crimes, de haver cometido, juntamente com o serratalhadense, Egon Augusto Nunes de Oliveira (preso em Abaetetuba, no Pará, em março de 2015), um quádruplo homicídio que vitimou Conselheiros Tutelares, na cidade de Poção-PE.
Caso Poção:
As mortes dos três conselheiros tutelares e de uma idosa no mês de fevereiro no município de Poção, no Agreste do estado, foi acertada por R$ 45 mil. A informação foi repassada na manhã desta segunda-feira pelo delegado Erick Lessa, responsável pelas investigações. Ao apresentar a conclusão do inquérito, o gerente operacional do interior 1 afirmou ainda que das sete pessoas indiciadas pela chacina apenas uma está foragida e que R$ 25 mil do valor acertado chegou a ser pago aos criminosos.
Um homem preso no Presídio de Arcoverde, segundo a polícia, foi o responsável por indicar os nomes dos quatro executores. Já o plano das execuções foi articulado pela oficiala de Justiça Bernadete de Lourdes Britto Siqueira Rocha com a ajuda do advogado José Vicente Pereira Cardoso da Silva. “Estamos entregando o inquérito ao Ministério Público hoje indiciando as sete pessoas responsáveis pela chacina. Ao final das investigações, concluímos que o pai da criança que sobreviveu ao atentado não teve ligação com as mortes”, ressaltou Lessa.
O inquérito policial apontou que os executores da chacina foram Egon Augusto Nunes de Oliveira, o pai dele, Orivaldo Godê de Oliveira, Ednaldo Afonso da Silva e Wellington Silvestre dos Santos, esse último foragido. Já o detento que ajudou Bernadete e José Vicente a encontrar os matadores foi Leandro José da Silva. (Luiz Carlos)

Share/Bookmark

0 comentários: