A maior super Lua do século vai aparecer em 14 de novembro

 
Por mais que as fotos não fique muitos boas nunca, pode se preparar: a hora de todo mundo fotografar a Lua está chegando. E, dessa vez, com um diferencial bem atraente. Afinal, faz 70 anos que a Lua não fica tão próxima da Terra como ficará no próximo dia 14.
Nosso satélite irá parecer, no próximo dia 14, 14% maior no céu e 30% mais brilhante. Notar essa diferença, porém, não será nada fácil e você precisará estar no lugar certo e na hora certa para conseguir notar o fenômeno.
A Lula não aparece tão grande assim para a Terra desde o longínquo janeiro de 1948. Isso porque para aparecer do tamanho que aparecerá, nosso satélite natural precisa passar por dois fenômenos distintos exatamente ao mesmo tempo.
O primeiro deles é bem corriqueiro e nós estamos bem acostumados: a Lua precisa estar em sua fase cheia. Isso acontece quando Sol, Lua e Terra estão alinhados em linha reta e com nosso planeta entre os dois. O segundo é que o satélite precisa estar mais próximo da Terra do que normalmente fica.
Essa proximidade acontece de tempos em tempos porque a órbita da lua é elíptica, o que faz com que seu caminho em torno da Terra não seja um círculo perfeito. Por conta dessa disparidade, a distância entre a Lua e nosso planeta costuma variar bastante. Esse momento de proximidade é conhecido como perigeu — o de maior distância, apogeu.
No dia 14 de novembro deste ano, a Lua estará a “só” 356.509 quilômetros da Terra. Acontece que seu ápice acontecerá às 10h52 no horário do Brasil. Ou seja, o fenômeno vai acontecer durante o sol do meio dia, basicamente, o que dificultará bastante a visibilidade para quem estiver aqui.
Mas nós falamos para você separar a câmera, certo? Então não te deixaremos na mão: já na noite de 13 de novembro a Lua estará maior, mais próxima e mais brilhante do que o normal. Na noite brasileira do dia 14, ela seguirá maior, apesar de estar começando a minguar. Ou seja, fotos garantidas. Agora resta a você garantir que elas fiquem boas!
Ah, se você perder o fenômeno, ele já tem data para se repetir. Será em 25 de janeiro… de 2034!

Share/Bookmark

0 comentários: