Ao atender ocorrência, policiais deparam-se com um dos maiores crimes, a fome

Na tarde deste sábado (26), Policiais Militares foram acionados para uma ocorrência de violência doméstica em Araripina, no Sertão pernambucano, onde uma senhora estava sendo agredida pelo seu filho, e segundo informações repassadas aos policiais no local, o filho havia agredido a mãe devido ter lhe pedido dez reais para comprar uma carteira de cigarro, sendo que ela não tinha. O acusado da agressão, um menor de 17 anos.
O menor ao ser indagado pelos policiais sobre a agressão, confirmou a versão da mãe, onde de imediato foi repreendido pelos policiais e a mãe não quis registrar o boletim de ocorrência contra o filho. Momento em que o jovem falou que estava arrependido e não iria acontecer novamente. Os policiais foram autorizados a entrar na residência, momento em que viram como estava sobrevivendo aquela família.
"Faltava tudo do mais básico que podemos ter em nossas casas, meu Deus, como existe tanto sofrimento". Disse um dos policiais.
Em seguida, os policiais foram almoçar quando se lembraram da situação daquela família.
Logo após o almoço, eles foram em um mercado e compraram uma feira para aquela família, conversaram com o dono do mercado e explicaram o assunto onde de imediato ele decidiu dar um desconto como forma de ajuda.
Os policiais já estavam fazendo as compras momento que foram surpreendidos por um casal humilde e simples, quando perguntaram a eles se aquela compra seria para ajudar alguém, onde de imediato os policiais confirmaram que sim. O casal estendeu a mão e entregou dez reais aos policiais para ajudar nas compras.
Parabéns aos guerreiros e a todos aqueles que realizam dias melhores para seus semelhantes, que Deus protejam vocês e suas famílias.

Share/Bookmark

0 comentários: