Índia: Prestes a ser queimado vivo, pastor começa a louvar e o milagre acontece.

Fé inabalável salva pastor da morte na Índia / O evangelho está sendo pregado sobre toda a face da terra
Extremistas hindus no estado de Maharashtra tinham espancado um pastor, apontaram uma arma para sua cabeça e jogaram gasolina sobre seu corpo ameaçando queimá-lo vivo.
Enquanto isso ele orava e louvava a Jesus em voz alta, o que irritou mais ainda seus agressores. Milagrosamente, ele está vivo para dar testemunho de seu livramento.
O pastor Prashant Bhatnager, 45 anos, ainda se recupera de vários ossos quebrados, incluindo mãos, braço e as pernas, assim como cortes na cabeça e por quase todo corpo. Ele conta que foi atacado por seis extremistas hindus ligados ao grupo Shri Ram Pratishtan Sanghtan.
Bhatnager e outros quatro cristãos da igreja Assembleia de Deus local estavam distribuindo folhetos e orando pelos doentes na aldeia de Taloja, no distrito de Raigad. Os extremistas hindus pediram que os cristãos parassem e começaram a ameaçá-los de morte, mas eles não se intimidaram.
Por volta das oito da noite, mais 30 extremistas cercaram o local onde os cristãos se reuniam. Sequestraram o pastor e o jogaram em um carro, que partiu em alta velocidade. Segundo o líder das igrejas na região, pastor Baban Kamble, foram seguidos por mais 11 motos.
O pastor foi levado para uma área isolada e começaram a bater nele, acusando-o de fazer conversões forçadas e de “destruir as mentes dos moradores com sua mensagem sobre Cristo”, segundo Bhatnagar.
Após muito tempo apanhando, sempre sob a mira de uma arma, o líder religioso diz que começou a sangrar muito pela boca e nariz. Foi então que sentiu gasolina sendo jogada sobre ele. “Então comecei a louvar e orar a Jesus em voz alta. Os homens que me atacavam ficaram cada vez mais irritados e batiam, chutavam e socavam com mais força, me mandando calar a boca. Um deles cuspiu no meu rosto enquanto outro urinava em mim”, narra.
Ele só lembra de ter ficado inconsciente. Quando acordou todo tinham ido embora. “Como eu sobrevivi a esse ataque foi algo milagroso. Eu vejo o amor e a fidelidade de Deus em meio a todo esse incidente”, comemora.
O pastor acordou com um homem jogando água sobre seu rosto e tentando reanimá-lo. Logo alguém avisou o pastor Kamble, que notando a gravidade dos ferimentos, levou o colega para o Hospital Municipal em Navi Mumbai.
A polícia foi chamada e questionou se o pastor Bhatnager realmente havia forçado conversões, o que é proibido por lei. Ele explicou que recentemente cinco ex-hindus se tornaram cristãos, mas por sua livre e espontânea vontade. “Nós somente oramos para que que as pessoas aceitem nosso convite e venham à igreja”, explicou. Com informações de Morning Star News

Share/Bookmark

0 comentários: