PREFEITURA DE CARNAÍBA

Em Pernambuco, Policiais militares aparecem de surpresa em aniversário de criança que sonha em ser PM

Quatro policiais militares do Grupamento de Apoio Tático Itinerante (Gati) foram acionados para uma ocorrência um tanto inusitada no domingo (3). Com o tema ‘9º Batalhão de Polícia do João Pedro’, os PMs foram convidados para fazer uma surpresa na festa do menino de 9 anos na cidade de Ribeirão, na Zona da Mata Sul do estado.
A ideia de convidar os policiais surgiu do tio de João, Rubens Costa. Na semana do aniversário, ele resolveu ir até o batalhão e solicitar a presença da equipe. “Ele disse que a criança era fã do Gati e que seu sonho era ser da equipe quando crescesse. Aquele pedido nos pegou de surpresa. Não era uma ocorrência de costume”, relembra o sargento Ary Xavier.
Para conseguir atender o pedido, a polícia precisou deslocar uma guarnição do município de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, para cobrir a equipe de Ribeirão durante o aniversário. “Tanta gente nos vê de uma forma diferente que não teríamos como negar essa solicitação. Nós só queríamos ver o menino feliz. Isso enche o policial de esperança e fé na sociedade”, comenta o tenente Kildare Guedes, comandante da companhia.
Nas cores preta e branca, características do Gati, tudo na festa fazia referência ao grupamento. Da réplica da viatura no topo do bolo até a roupa que o menino vestia. De traje preto, algemas na cintura e chapéu com a sigla do Gati, João era só alegria ao lado dos policiais. A mãe de João, Cândida de Melo, conta que o filho sonha em ser do Gati desde os três anos de idade.
“Ele cumprimenta, bate continência quando os policiais passam, sempre fica muito encantado. Quando viajamos, ele faz a gente parar no posto da polícia na rodovia para conversar com os policiais. A paixão dele é o Gati. Por exemplo, nós temos uma delegacia aqui no município, mas ele não está nem aí para eles”, brinca.
Com a farda impecável e sorriso no rosto, o cabo Shiozawa do Nascimento diz que toda a equipe se emocionou com essa ocorrência, que, segundo ele, foi a melhor da sua vida. “Algo totalmente diferente do que fazemos todo dia. Somos todos pais de crianças pequenas. Vou guardar isso no coração até o fim da minha carreira”, contou.
Quem também não vai esquecer o aniversário é o próprio João Pedro. Ele entrou na viatura, fez poses e tirou muitas fotos ao lados dos ídolos. Bastante tímido, ele conta que adorou a surpresa e admira a valentia dos policiais. “A roupa é muito bonita, e eles são muito valentes, mas comigo foram muito legais”, relembra ao citar a sua parte favorita da festa. “Apertei a sirene”, comemora. (G1)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: