PREFEITURA DE CARNAÍBA

Famílias de jogadores devem receber indenização superior a 26 salários

As famílias dos jogadores do Chapecoense, vítimas do acidente aéreo na Colômbia, devem receber indenizações equivalentes a 26 vezes o salário que cada um recebia.
O valor é baseado na soma dos valores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), do seguro de vida do clube. Isso sem contar o seguro da empresa aérea responsável pelo voo fretado e eventuais questionamentos em tribunais.
A Confederação Brasileira de Futebol informou na quinta-feira (1º), a que os jogadores serão indenizados em 12 salários, com teto de R$ 1,2 milhão, como prevê a Lei Pelé.
Já o que corresponde ao seguro de vida do clube equivalente a 14 salários do ganho da carteira de trabalho de cada jogador. Os salários dos jogadores da Chapecoense variavam de R$ 20 mil a R$ 100 mil.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: