PREFEITURA DE CARNAÍBA

Pernambucanos podem ter até 40% de desconto em multas de trânsito

Aplicativo desenvolvido pelo Departamento Nacional de Trânsito oferece abatimentos
Condutores proprietários de veículos têm direito ao desconto de até 40%
Foto: Pixabay/Divulgação
Da editoria de economia
Cometeu uma infração de trânsito recentemente? Então você precisa conhecer o Sistema de Notificação Eletrônica – SNE, um aplicativo desenvolvido pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e disponível para os sistemas operacionais IOS e Android em diversos Estados do Brasil, inclusive Pernambuco. Com o SNE, o motorista proprietário do veículo pode ser informado sobre irregularidades cometidas ao volante e ter direito a um desconto de até 40% no pagamento de multas. Um alívio e tanto para o bolso!
Podem ter direito ao benefício os motoristas cadastrados no SNE e que não apresentem defesa prévia nem recurso contra a infração cometida. O desconto nas multas de trânsito é válido tanto para infratores proprietários do veículo quanto para outros condutores que o utilizem.
O acesso ao desconto só pode ser cedido caso a irregularidade não tenha acontecido antes do dia 1 de novembro de 2016. É necessário, ainda, realizar o pagamento até a data de vencimento da multa. Parcelamentos não são permitidos.
Além do desconto, o condutor autuado também pode contar com facilidades de pagamento, já que o próprio aplicativo gera o código de barras da infração para quitar os débitos em dispositivos móveis, sem a necessidade do cidadão se dirigir ao Detran ou esperar a correspondência chegar em casa via correios.
O SNE recebe informações dos órgãos autuadores federais, como a Polícia Rodoviária Federal e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, e dos Departamentos Nacionais de Trânsito em todos os estados.
CADASTRO
Para se cadastrar no sistema, o cidadão precisa baixar o aplicativo do SNE disponível para Android e iOS e preencher os seus dados. Os habilitados devem preencher os campos de CPF, e-mail, senha, número da CNH e o seu código de segurança. Já quem não é motorista, mas possui automóvel registrado em seu nome, fornece os dados de CPF, e-mail, senha, número e código de segurança do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). 

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: