PREFEITURA DE CARNAÍBA

Famílias de PE fazem gás de cozinha com esterco, e param de comprar botijão

 
Famílias de PE fazem gás de cozinha com esterco, e param de comprar botijão
Pelo menos 500 famílias do Nordeste estão sem despesa com a compra de botijão de gás de cozinha depois que ganharam biodigestores em suas propriedades para produção de gás por meio de esterco de animais. Em Caruaru (PE), por exemplo, duas famílias de assentamentos do MST (Movimento Sem Terra) ganharam biodigestores e cozinham nos fogões com o gás produzido com esterco de gado que criam em suas propriedades.
A agricultora Lúcia da Silva, 40, relata o alívio de não ter mais a despesa com a compra de gás de cozinha para a família, que tem nove integrantes, desde que o biodigestor entrou em funcionamento, em 2015. A economia feita com biodigestor entrou em funcionamento, em 2015. A economia feita com biodigestor incrementa a alimentação dos filhos e netos.
Para alimentar o biodigestor, de três em três dias, a agricultora coloca três latas de esterco de gado e três latas de água no tanque de mescla, que é interligado com o recipiente do biodigestor onde ocorre a fermentação das fezes com bactérias anaeróbicas que produzem vários gases, sendo metano o principal.
Leia a matéria completa aqui.
Aliny Gama/Colaboração para o UOL, em Caruaru (PE)
https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#
CURTA a página da Web Sertão e tenha no feed de notícias do
seu Facebook as principais notícias do momento.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: