PREFEITURA DE CARNAÍBA

ANTES DE SE MATAR, REITOR DEIXOU CARTA SOBRE VEXAME A QUE FOI SUBMETIDO

Alvo da Operação Ouvidos Moucos, que apura desvios de recursos e irregularidades em cursos de ensino à distância no programa Universidade Aberta do Brasil (UAB), o reitor afastado da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Luiz Carlos Cancellier, foi encontrado morto nesta manhã em Florianópolis; ele foi preso pela PF em setembro, junto com mais seis suspeitos, e liberado no dia seguinte, mas ainda proibido de entrar na universidade; na carta, ele nega ter obstruído a Justiça, conforme acusação contra ele, e denuncia o que chama de “humilhação e vexame” a que foi submetido; a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) afirma ser “inadmissível que o país continue tolerando práticas de um Estado policial” e o Núcleo da União da Juventude Socialista na UFSC fala em “perseguição política”

https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#
CURTA a página da Web Sertão e tenha no feed de notícias do
seu Facebook as principais notícias do momento.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: