PREFEITURA DE CARNAÍBA

'BURACO DO INFERNO' LOCALIZADO NO BRASIL

 
Quem é que não gosta de fazer uma boa viagem, não é mesmo? É comum que muita gente resolva se aventurar mundo afora em busca de novos conhecimentos. Novas culturas, gente nova, outros hábitos ou até um sotaque ou mesmo a língua estrangeira... Tudo isso é realmente atraente. É um investimento que todo mundo deveria fazer algumas vezes na vida.
A questão é que nem precisamos sair do Brasil para isso. Muitas pessoas embarcam em viagens pelo mundo, enquanto temos um país cheio de maravilhas bem aqui. Vários são os destinos que podemos ter, encontrando verdadeiros paraísos. Por que não conhecer o próprio país antes de ir para fora? Por outro lado, por aqui também podemos encontrar lugares que guardam grandes mistérios... Já ouviu falar do Buraco do Inferno?
O Buraco do Inferno, em Goiás
O nome em si não é muito atraente, concorda? Quem é que gostaria de ir até um Buraco do Inferno? A verdade é que ele existe, claro que não de forma literal, mas um local com esse nome pode ser encontrado no estado de Goiás, no município de Padre Bernardo. Acontece que é um local bastante perigoso e na real, ninguém tem a intenção de atrair muitos turistas para lá, portanto, a localização exata nunca é divulgada.
Veja mais em "continuar lendo" abaixo🔽
É literalmente, uma caverna alagada. As explorações no local começaram há cerca de 30 anos. Encontraram na região uma imensa caverna com água em um azul tão bonito, que mais parecia o céu. Uma curiosidade sobre o Buraco do Inferno é que ninguém nunca conseguiu chegar até o fundo... E o recomendado é que ninguém tente mesmo. No entanto, alguns já tentaram mas sem sucesso.
Na verdade, uma das tentativas aconteceu no ano de 1992 e teve um final nada feliz. Reginaldo Alves de Lima, mais conhecido como Falcão, e Tadeu Bezerra Veríssimo, resolveram explorar o local um pouquinho mais afundo. Quando alcançaram os 35 metros de profundidade, algo inesperado aconteceu: acabaram sofrendo um acidente que os levou à morte.
Em abril de 2014, por muito pouco outra tragédia não acontece. Enquanto mergulhadores estavam a 20 metros de profundidade aconteceu um desmoronamento. Um deles foi atingido por uma pedra e empurrado por 60 metros de distância. Os companheiros ficaram preocupados e foram em busca para salvá-lo, felizmente, tudo acabou bem.
Fernando Gavazza é um mergulhador e analista de sistemas e estava junto aos 2 mergulhadores mortos em 1992. Em depoimento dado ao Fantástico, ele diz que a lição que tirou daquele diz foi a de que "mergulho em caverna não abre precedentes pra erro. É uma atividade que você tem que ter sempre foco. Falhou, é fatal!". Bom, a partir daí, já fica a dica para os aventureiros de plantão.
Novo recorde no Buraco do Inferno
De acordo com os registros da história, há cerca de milhões de anos o tal buraco não existia. Assim como muitas outras paisagens naturais, foi formado após um desmoronamento de terra. Recentemente, uma expedição formada por 11 mergulhadores foi feita até o local. A intenção deles era de fato, chegar no fundo da caverna. Apenas para que você tenha uma pequena noção, é necessário descer cerca de 80 metros de rapel para conseguir chegar até o Buraco do Inferno!
Obviamente, isso não seria tarefa para qualquer pessoa. É necessário ter o treinamento e experiência necessária para encarar um desafio de tamanha proporção. Ao fim da expedição, os mergulhares haviam conseguido chegar aos incríveis 135 metros de profundidade! Deu pra perceber o quão funda é a caverna? Não é atoa que seu nome é Buraco do Inferno. Com o equipamento utilizado por eles, este foi nitidamente um recorde!
Via: www.fatosdesconhecidos.com.br

https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: