PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Filho mata mãe enforcada porque queria dinheiro para comprar drogas no agreste pernambucano.

Um adolescente de 16 anos é suspeito de ter matado a própria mãe na tarde desta terça-feira (24) na cidade de Orobó, no Agreste pernambucano.
O menor teria enforcado a mulher, identificada como Luzinete Severina da Silva, de 37 anos, com uma alça de bolsa porque queria dinheiro para consumir drogas. O crime ocorreu por volta das 15h. O adolescente teria golpeado a mulher que, ao cair no chão, inconsciente, foi enforcada.
Segundo o radialista Edinho Soares, amigo da vítima, o crime chocou a população: “A comunidade oroboense está, no momento, revoltada com a situação… Eu mesmo já fui padrinho dela na formatura de escola, conheço as irmãs, os irmãos… São pessoas decentes, pessoas que vieram da zona rural e vieram tentar a sorte na cidade…ela conseguiu esse emprego, estava feliz, estava comemorando esse emprego aqui no município, onde todos lá na repartição onde ela trabalhava gostavam muito dela”, detalhou.
Adolescente problemático
Ele relatou ainda que o menor era conhecido por ser problemático: “A avó que é a mãe da Lúcia, é religiosa e gosta de ir para Juazeiro, até levou ele para lá para visitar os pontos religiosos… mas ele já estava na comercialização de drogas e você sabe muito bem que quando esses jovens entram nesse mundo sempre querem mais… e chegou nessa situação”, disse. (Via: Rádio Jornal)

https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários:

Postar um comentário

Postar um comentário

Leia as regras:
-Não xingue ninguém de forma alguma, seu comentário pode ser recusado.
- Acusações, críticas ou similares, só através de identificação;
-Todos os comentários serão lidos e moderados previamente.

OBS: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog e não nos responsabilizamos por nenhum deles postados aqui.

ATENÇÃO:
Devido ao momento político, a partir de hoje só serão liberados na opção Comentar como: ANÔNIMO, os comentários elogiosos, construtivos ou que falem bem das propostas ou das qualidades de candidatos a cargos eletivos nesta eleição. Os comentários de teor crítico, acusadores ou agressivos aos candidatos, autoridades ou a qualquer outra pessoa, só serão liberados se o autor se identificar na opção Comentar como: NOME/URL, no quadro de comentários. IDENTIFICAR VIA ITEM NOME/URL.