PREFEITURA DE CARNAÍBA

Rechaçar ideologia de gênero não é homofobia, mas sim biologia, garante especialista

Pamela Puppo é doutora em biodiversidade, genética e evolução
A doutora em biodiversidade, genética e evolução, Pamela Puppo é peruana e defendeu sua posição em um artigo no jornal Posición que teve grande repercussão e foi traduzido para outras línguas. Assim como no Brasil, o Peru vem debatendo amplamente a chamada ideologia de gênero e sua influência sobre a sociedade moderna.
“Não aceitar ideologia de gênero não é discriminação, não é ser intolerante nem homofóbico, é simplesmente biologia”, escreveu a especialista. Puppo lembra que são os cromossomos que determinam o desenvolvimento físico dos fetos. “Se for menina XX; menino é XY”, pontua.
A doutora diz que “isto não é discriminação, é simplesmente biologia. Isto não é homofobia, pois todos os seres humanos têm o direito de colocar quem quisermos na nossa cama”. Mas ela diz se incomodar com os pressupostos comumente apresentados pelos que defendem a ideologia de gênero.
A ideologia não pode se sobrepor à biologia, diz ela, enfática. “Esta ideologia é uma corrente de pensamento, não uma teoria científica, muito menos uma evidência científica, sustenta que os seres humanos são ‘neutros’ quando nascemos e podemos escolher se queremos ser homens, mulheres, ou uma combinação de ambos quando crescemos. Mas o sentimento não supera a natureza”.
Veja mais em "continuar lendo" abaixo🔽A doutora não ignora que existe uma condição psicológica a ser considerada. As pessoas que acreditam que não têm o sexo correto, sofrem de uma síndrome chamada ‘disforia de gênero’. “Não entrarei em casuísticas, basta dizer que essas pessoas devem ser respeitadas, amadas e acompanhadas”, diz Puppo.
A especialista diz lutar pelo tratamento igualitário entre homens e mulheres, mas “a igualdade não é conquistada negando as nossas diferenças sexuais, a igualdade é alcançada por meio do respeito das diferenças de cada sexo e o que cada sexo contribui para a sociedade”.

https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#
CURTA a página da Web Sertão e tenha no feed de notícias do
seu Facebook as principais notícias do momento.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: