PREFEITURA DE CARNAÍBA

Policiais civis são investigados por corrupção e lavagem de dinheiro

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou na manhã desta quarta-feira (29) a Operação Bis In Idem com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que conta com a participação de policiais da própria corporação. De acordo com as investigações, os suspeitos cometeram crimes como corrupção passiva, lavagem de dinheiro e receptação qualificada.
Segundo nota enviada à imprensa, os criminosos cobravam propina para que vítimas de assalto pudessem recuperar seus pertences apreendidos pela própria Polícia Civil. Deste modo, para ter carros liberados, por exemplo, os donos do veículo precisavam pagar valores exigidos pelos policiais, tornando-se vítimas "duplamente lesadas".
Nesta quarta-feira, estão sendo cumpridos quatro mandados de prisão. Três dos quatro alvos desta ordem judicial têm policiais civis como alvo. Além disto, foram expedidos também 11 mandados de busca domiciliar e o sequestro de bens dos investigados. A Polícia Civil confirmou que há mandados a serem cumpridos em Caruaru, no Agreste. A ordem é da Primeira Vara Criminal da Comarca de Caruaru. Um policial militar também foi alvo de uma ordem de condução coercitiva.
Investigações: Além de corrupção, lavagem de dinheiro e receptação qualificada, os alvos da operação devem responder por concussão (crime cometido por funcionário público contra a administração pública, a fim de obter vantagens indevidas), organização criminosa e usurpação de função pública. A operação conta com a participação de 60 policiais. As investigações foram comandadas pelos delegados Guilherme Caraciolo e Ramon Teixeira do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil. A chefia da Polícia Civil deve apresentar o balanço da operação ainda na manhã desta quarta-feira. (Via: JC Online)
https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: