PREFEITURA DE CARNAÍBA

Que tiro foi esse? Cheirar o pum do seu parceiro realmente pode te ajudar a viver mais

Pum é um assunto polêmico. Em média, as pessoas soltam entre 10 e 20 puns por dia, algo que é considerado saudável e normal. Contudo, na nossa cultura é muito complicado liberar essa quantidade ao longo do dia - nem precisamos explicar o porquê. Mesmo que isso ocorra uma vez a cada 2 horas e meia pelo menos, as pessoas acabam acumulando os gases para liberá-los em casa ou em um lugarzinho apropriado. E adivinha quem sofre com isso?
Pois é: aquela pessoa que compartilha as cobertas com você. Por isso mesmo, para garantir que a outra pessoa tenha o trabalho de se levantar para liberar os gases no banheiro sempre que sentir vontade, muitos pedem para ela não soltar pum perto (seja esse pedido feito com jeitinho ou não). Contudo, um estudo pode mudar a opinião dessas pessoas! Afinal, o pum alheio de cada dia pode SIM te fazer viver mais.
''Quem soltou pum está com a mão amarela!'' Pois é, a negação começa já na infância. Mesmo que ainda não tenhamos tanto controle sobre o nosso corpo, é bem difícil que a pessoa não negue que é a culpada do cheirinho que todos estão sentindo na sala de aula. E essa vergonha naturalmente só aumenta com a idade. A negação ainda se torna muito mais veemente quando se começa a namorar! Mas realmente só no início do relacionamento mesmo.
A polêmica e a vergonha sobre os gases é tão grande que tem gente que corta certos alimentos da dieta diária - ou pede para o parceiro cortar. Contra essa tendência, a Universidade de Exeter publicou uma pesquisa que comprova que a flatulência do seu parceiro pode não ser uma coisa ruim. E ainda mais! Ela pode apresentar benefícios tão significativos para a saúde que faz você viver por mais tempo. Pois é, a pessoa não está tentando te sufocar, mas sim garantir que você esteja por aqui ainda mais para passar mais tempo ao seu lado.
Entenda por que o cheiro desagradável faz bem:
Não, não tem nada a ver com a intimidade. Também nada a ver com o sentimento de liberdade te deixar mais feliz e, assim, fazer você viver mais tempo. Os efeitos benéficos das flatulências têm que ver justamente com um dos principais componentes, aquele responsável pelo cheiro ruim, chamado sulfeto de hidrogênio. Por isso, da próxima vez que seu amado ou sua amada decidir soltar algo embaixo do cobertor, talvez você deva agradecer!
Ainda assim, é importante reforçar que isso não tira os malefícios do sulfeto de hidrogênio. Quando a pessoa se expõe pouco a ele, não tem praticamente nenhum efeito, já que ele é inofensivo em pequenas quantidades. No entanto, se expor a uma concentração maior pode ter resultados prejudiciais na saúde. Muito desse produto químico pode levar a doenças respiratórias e do sistema nervoso.
Então como que os peidos de mozão fazem bem?
Para entender esse efeito contraditório, pesquisadores analisaram o impacto da exposição ao gás nos seres humanos quando em pequenas quantidades. Eles ficaram intrigados com o fato de os seres humanos produzirem naturalmente um componente que pode ser venenoso em grandes doses. O resultado, publicado na revista científica Medical Chemistry Communications, mostrou que a baixa exposição celular pode ter implicações interessantes no corpo.
Pequenas quantidades de gás pode prevenir danos mitocondriais, o que por sua vez tem muitas outras implicações para a saúde. Ou seja, embora ele pareça completamente como o vilão para relacionamentos e mal visto pelo cheiro ruim, esse gás pode realmente fazer a diferença e fazer muito bem para a sua saúde. 
  https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: