PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Criatura demoníaca é fotografada durante culto evangélico! Será verdade?

 
Será que essa imagem é real? (foto: Reprodução/Facebook)
Mensagem que se espalhou através das redes sociais vem acompanhada de uma foto assustadora que teria sido tirada durante culto religioso! Será que o demônio apareceu mesmo dentro de uma igreja?
A imagem apareceu nos grupos de WhatsApp na primeira semana de abril de 2018 e mostra o interior de uma igreja, mas o que chama a atenção na cena é uma figura estranha na porta do local. Aparentemente, a criatura observa a todos, esperando a sua hora de atacar os fieis ali presentes!
O áudio que acompanha a imagem assustadora cita um trecho da bíblia e afirma que essa foto teria sido tirada dentro de uma congregação pela cunhada do pastor, de cima do altar e que quer deixar claro que basta “dar um zoom” para percebermos que não se trata de uma foto falsa.
Será que essa história é verdadeira ou falsa?

O primeiro detalhe ao analisar esse acontecimento é tentar entender como que ninguém ali presente parece ter se importado com a presença do demônio (ou de algum dos seus “secretários”). Se a criatura tivesse ali mesmo, era certeza que alguém mais o veria…
Outro detalhe é que o homem do áudio diz que vai citar uma passagem da bíblia (Efésios 6:10), mas fala outras frases que nada tem a ver com capítulo citado.

Envie suas dúvidas e sugestões para o nosso WhatsApp no (11)96075-5663
Além disso, não há nenhuma informação de quando e onde esse fenômeno teria acontecido.
Análises
Fizemos o que o áudio nos pede e “demos um zoom” na imagem. Logo de cara já podemos perceber que a “criatura demoníaca” foi colada ali na foto original. Uma montagem grosseira:
Perceba que as luzes e sombras do bicho não combinam com o resto da cena!
O “bicho” pode ter sido retirado de qualquer foto na web, mas é bem provável que o autor dessa montagem tenha usado um frame do vídeo abaixo:
Conclusão
A imagem é uma montagem grosseira e não há nenhum dado que corrobore com a aparição desse demônio!

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...