PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Jair Bolsonaro lidera em número de seguidores entre todos os presidenciáveis. Veja dados:

O Instituto MAPA e o Mr. Predictions, empresas da área de Ciência de Dados e Análise pertencentes ao Grupo Nexxera, vêm acompanhando o desempenho dos presidenciáveis brasileiros quanto ao número de seus seguidores nas redes sociais.
O estudo defende que é bom que todos estejam preparados para uma eleição onde a internet será a grande protagonista, afinal, em um universo de 117 milhões de usuários, sendo 54% de classe C e de um país onde já se atingiu e média de um smartphone por habitante, a corrida a presidencialista será online.
Segundo as análises feitas, Bolsonaro, que já ocupava entre os primeiros lugares, aumentou em 16% o seu número de seguidores, atualmente, chegou ao patamar de 7,8 milhões de seguires nas redes sociais;
Marina Silva na vice-liderança, 4,2 milhões; o ex-presidente Lula é o terceiro, 3,6 milhões.
Uma das surpresas foi o aparecimento de Michel Temer em quarto lugar. Ele não havia sido incluído nos levantamentos anteriores.
Alckmin com quase 2,0 milhões e Álvaro Dias 1,5 milhões, ambos com crescimento de 6%, ocupam a quinta e sexta colocações, respectivamente.
Proporcionalmente, Ciro Gomes, hoje com 356.266 mil seguidores foi o que mais cresceu, 28% em relação ao mês de fevereiro.
Os dados foram divulgados na cidade de Albuquerque nos Estados Unidos, onde um grupo de pesquisadores da Science House Mr. Predictions estão realizando um projeto de cooperação técnico-científico com a University of New Mexico.
Para critério de comparação, segundo estudos também realizados pelo Instituto MAPA e o Mr. Predictions, o jogador Neymar tem mais de 180 milhões de seguidores no mundo.
Em Caruaru, pré-candidato fica no PMN, não entra no PSL, mas não abandona Bolsonaro
Após reuniões com lideranças do Partido Social Liberal (PSL), o pré-candidato a deputado estadual em Caruaru Isaac Albuquerque decidiu continuar no (PMN).
Apresentando-se como cristão convicto, Isaac decidiu continuar no Partido da Mobilização Nacional e concorrerá às eleições 2018 sem nenhuma mudança.
“Há alguns meses vinha conversando com integrantes do (PSL) e desde então aconteceram diversas reuniões com a direção das duas siglas: (PMN) e (PSL), a fim de que fizesse parte do grupo e buscasse uma vaga na Alepe. A decisão pelo PSL foi por conta do apoio ao candidato presidenciável Jair Bolsonaro, que em março se filiou ao partido. A partir de agora, sigo com o mesmo apoio, porém permanecendo no PMN”, anunciou.
Nesta quinta-feira (12), o pré-candidato participou de um evento em Carpina com lideranças da “Direita Pernambuco” e deu início aos compromissos de bastidores. “Estou feliz com o convite, mas após conversar com amigos, optei por continuar no PMN e a partir de agora estamos focados no trabalho”, disse.
Fonte: Blog do Jamildo
http://www.afogadosveiculos.com/

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...