PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Em Pernambuco, sete militares são excluídos da corporação

A Corregedoria Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS) apertou o cerco contra os crimes praticados por militares. Somente na última semana, seis policiais e um bombeiro pernambucanos foram punidos com a exclusão da corporação.
Um deles foi o terceiro sargento da PM Jorge Américo dos Santos, que é suspeito de agiotagem e posse de arma de fogo sem o devido registro. Além disso, na casa do suspeito foram encontrados cartões de crédito e débito de diversas pessoas. Ele foi preso em flagrante em dezembro de 2015, mas só agora a punição administrativa foi aplicada. O policial também é investigado na Vara Criminal de Escada.
Já o soldado da PM Jorge da Costa Amorim foi punido com a exclusão após ser denunciado criminalmente por um homicídio em outubro de 2011, no bairro João de Deus, em Petrolina.
O segundo sargento André Luiz do Nascimento Sally, lotado no Corpo de Bombeiros, foi punido sob a acusação de atentado violento ao pudor contra um menor de 18 anos. O fato teria ocorrido no dia 30 de maio de 2008, na residência do militar, na Campina do Barreto, Recife. De acordo com a SDS, o militar foi condenado, já em segunda instância, a quatro anos de prisão em regime semiaberto.
Todas as punições aos militares, assinadas pelo secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, foram publicadas no Diário Oficial do Estado.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
http://www.afogadosveiculos.com/

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...