PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Pernambuco confirma a 1ª morte por arbovirose de 2018


A morte de uma mulher de 53 anos, moradora de Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR), é a primeira confirmação associada a arboviroses este ano em Pernambuco. O óbito ocorreu no dia 21 de fevereiro e estava em investigação pelo Comitê Estadual de Discussão de Óbitos por Dengue e outras Arboviroses de Pernambuco. Foram feitas análises laboratoriais, além de uma avaliação domiciliar e hospitalar do caso, a fim de se descartar ou confirmar alguma arbovirose como causa da morte.
⏩    Mostrar matéria completa  
O 12º balanço de 2018 de dengue, chicungunha e zika, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), revela a investigação de sete mortes suspeitas por arboviroses em Pernambuco. As notificações dos óbitos são de municípios do Grande Recife (Moreno, Paulista, Goiana e Jaboatão dos Guararapes - este último tem dois registros), da Mata Sul (Ribeirão) e do Agreste do Estado (Pesqueira). Além disso, um dos óbitos notificados este ano (menino de 1 ano, de Iguaracy, Sertão de Pernambuco) foi descartado como associado a arboviroses.
Aumento de casos: Além do registro da morte suspeita por arboviroses, o boletim divulgado nesta sexta-feira (13), apresenta um total de 13.006 pessoas que adoeceram este ano, no Estado, com sinais de dengue; outras 1.647 com quadro clínico semelhante a chicungunha; 486 com sintomas de zika.
No primeiro boletim, lançado no último mês de fevereiro, revela que, dos 184 municípios de Pernambuco, 133 estão em situação de risco de surto ou alerta para dengue, zika e chicungunha. Outros 47 estava, em situação satisfatória e 4 municípios (Ibimirim, Passira, Tracunhaém e Venturosa) não deram informações sobre infestação do Aedes aegypti. (Via: Jc Online)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...