http://www.afogadosveiculos.com/p/blog-page_15.html?m=1/

Mostrando postagens de 2019Mostrar tudo

Mensagem de Ano Novo de Zeinha Torres e Pedro Alves.

Relembre 20 notícias trágicas que fizeram de 2019 um ano "tenebroso"

"Tenso", "trágico", "tenebroso", com certeza esses foram os adjetivos mais utilizados entre as pessoas para descrever 2019. Independente de qualquer ideologia é preciso concordar que o ano foi meio pesado. De janeiro a dezembro, diversos acontecimentos ganharam destaque na imprensa e, infelizmente, a maior parte deles, com certeza, nos levou a pensar: 'que ano difícil'. Desde a lama que "engoliu" uma cidade, matando mais de 200 pessoas, ao fogo que matou dez jovens e também destruiu florestas, 2019 reservou muitos fatos que não deixarão saudades.
Depois das retrospectivas das editorias de Entretenimento, Esporte, Política e Justiça, o BNews relembra os casos trágicos que marcaram o ano que se encerra às 0h desta quarta-feira (1º).
Confira:

Prefeitura de Iguaracy realizou última reunião de trabalho do ano de 2019 com secretários e diretores da gestão.

O Governo Municipal de Iguaracy realizou nesta segunda-feira, 30 de dezembro de 2019, a última reunião de trabalho do ano de 2019 com sua a equipe de secretários e diretores.
No evento que foi realizado no CEMUPI, a primeira-dama do município, Mary Delanea, que também é diretora da X Geres, fez uma excelente explanação de como cada vez mais melhorar o atendimento ao público, falou também da importância de estar sempre de bem, principalmente no exercício das atividades e trabalhou ainda o lado motivacional de todos os presentes para vencerem as dificuldades e os desafios do novo ano que se aproxima.
Após as manifestações dos que quiseram usar da fala, foi a vez do prefeito Zeinha Torres fazer as suas considerações, falou sobre algumas das inúmeras conquistas realizadas pela gestão, reafirmou a confiança que tem na equipe de trabalho, elogiou e agradeceu também todo o apoio que tem recebido da primeira-dama, que segundo o prefeito, tem ajudado muito e é uma das responsáveis pelo sucesso da gestão. O prefeito finalizou ensejando votos de um Feliz Ano Novo.
Após a reunião, foi servido um jantar ao som do cantor Iranildo Lima da Impacto Festas e Eventos.






Feriados prolongados serão quase o dobro em 2020; veja lista

Após um 2019 com poucos feriados prolongados, o ano de 2020 será uma boa oportunidade para esticar folgas junto com finais de semana. Nove datas comemorativas, entre feriados e pontos facultativos, poderão ser estendidas, mais que as 5 de 2019 (veja o calendário abaixo).
O levantamento considera datas que caem em dias de semana, com exceção da quarta-feira, e que por isso podem ser juntados aos fins de semana.
O começo do ano não será muito favorável, já que o primeiro dia de janeiro cai numa quarta-feira, o que significa estradas cheias no retorno após as viagens de Réveillon, já que a quinta-feira, 2 de janeiro, será dia de trabalho normal para a maioria.
No Carnaval, no final de fevereiro, começam as datas estendidas, já que a festa será comemorada entre sábado (22) e a manhã da quarta-feira de cinzas (26). O mês de fevereiro acaba no dia 29, já que 2020 é ano bissexto e terá 366 dias.
Em seguida, será possível comemorar ainda no primeiro semestre os feriados prolongados da Páscoa, Tiradentes e Dia do Trabalho, além do Corpus Christi, que é ponto facultativo.
A grande novidade será no segundo semestre, que foi pobre em feriados prolongados em 2019, já que três deles caíram no sábado. Em 2020, os feriados da Independência, Nossa Senhora Aparecida e Finados serão à segunda-feira.
O levantamento considera datas que foram feriados ou pontos facultativos segundo o calendário oficial divulgado pelo governo para 2019. O de 2020 deverá ser divulgado apenas nos últimos dias de 2019.
Veja abaixo a lista de 2020:
Confraternização Universal: 1º de janeiro (quarta-feira) – feriado nacional
Carnaval: 24 e 25 de fevereiro (segunda e terça) – ponto facultativo
Paixão de Cristo / Páscoa: 10 de abril (sexta) e 12 de abril (domingo) – feriado nacional
Tiradentes: 21 de abril (terça) – feriado nacional
Dia Mundial do Trabalho: 1º de maio (sexta) – feriado nacional
Corpus Christi: 11 de junho (quinta) – ponto facultativo
Independência: 7 de setembro (segunda) – feriado nacional
Nossa Senhora Aparecida: 12 de outubro (segunda) – feriado nacional
Finados: 2 de novembro (segunda) – feriado nacional
Proclamação da República: 15 de novembro (domingo) – feriado nacional
Natal: 25 de dezembro (sexta) – feriado nacional

Prefeitura de Iguaracy fecha ano com contas equilibradas e quitada com servidores.

Iguaracy em boas mãos: prefeito cumprimenta secretária de finanças em última reunião de trabalho do ano 2019.
A Prefeitura de Iguaracy realizou no dia de ontem, segunda-feira (30), o pagamento de dezembro dos salários dos servidores ativos, inativos e comissionados. Como já havia quitado o 13º, a gestão fecha então o ano com as contas em dias em relação ao funcionalismo.
Desde que a gestão do prefeito Zeinha Torres assumiu a prefeitura, a Secretaria de Finanças, que tem a frente da pasta a secretária Lígia Torres, vem fazendo o pagamentos sempre dentro do mês trabalhado, trazendo tranquilidade aos servidores que tem sempre a certeza do pagamento dentro do mês trabalhado.

Cama abandonada em estacionamento na Inglaterra pertencia a Henrique VII

Depois de nove anos de pesquisas, especialistas chegaram à conclusão de que o móvel foi encomendado para o casamento do rei inglês no século 15
A cama tem 1,67m de largura, 1,98m de comprimento e 2,74m de altura (Foto: Divulgação/The Langley Collection)
O rei Henrique VII nasceu em 1457 e morreu em 1509 (Foto: Wikimedia Commons) 
Comprar e vender móveis antigos é uma atividade rotineira na vida do inglês Ian Coulson. Acostumado a repaginar artigos centenários, não desconfiou quando arrematou uma cama vitoriana por 2200 libras em 2010. “Nessa fase, eu pensei que fosse um exemplo supremo do movimento Artes e Ofícios [estética artística do século 19]”, disse ele em entrevista à National Geographic. Mas, quando examinou com mais calma, percebeu que o móvel era mais antigo do que imaginava.
Alguns sinais e marcas na madeira indicavam que a cama não havia sido esculpida com serras mecanizadas do século 19: os detalhes entalhados pareciam ser esculpidos com ferramentas manuais medievais e, apesar de o móvel ter sido usado em um hotel e depois abandonado num estacionamento na cidade de Chester, na Inglaterra, seu estado de conservação estava bem abaixo do esperado para um artigo de 150 anos.
Com a pulga atrás da orelha, Coulson resolveu investigar e se reunir com um grupo de especialistas para descobrir a verdadeira idade da cama. Depois de nove anos, chegaram à conclusão de que o móvel havia sido encomendado em 1486 para o casamento do rei inglês Henrique VII com Elizabeth de York. A união foi a responsável por colocar fim à Guerra das Rosas, um conflito civil que durou quase três décadas.
Talhados na madeira, os brasões reais e as rosas que simbolizavam as famílias dos noivos levam a crer que a cama realmente foi construída há mais de 500 anos. “Você tem os brasões reais, a cruz de São Jorge, as rosas das casas de Lancashire e York, símbolos de fertilidade, como a bolota [fruto do carvalho]. Quem quer que tenha esculpido isso, tinha uma compreensão profunda da iconografia da época. É difícil imaginar alguém vindo depois, esculpindo essa cabeceira e simplesmente acertando tudo”, disse o historiador Jonathan Foyle.
Se for verdade, trata-se de uma raridade: segundo os especialistas, não há registros de nenhum móvel da época de Henrique VII que tenha sobrevivido à Guerra Civil Inglesa, no século 17.
Alguns fatores, porém, ainda impedem que alguns pesquisadores tenham certeza sobre a origem do móvel. Isso porque o verniz utilizado na peça não permitiu que os testes de datação por carbono fossem feitos. A dedução por meio dos padrões de anéis da madeira também foi inconclusiva. Apesar disso, Coulson segue acreditando na sua hipótese: “Se esta não é a cama real, o que mais pode ser? Até agora ninguém inventou possibilidades convincentes”.

Divulgada a programação das DEZ noites da Festa de Janeiro 2020 em Iguaracy

O Prefeito de Iguaracy, Zeinha Torres (PSB) confirmou a programação da tradicional Festa de Janeiro que acontece em paralelo à Festa em São Sebastião, principal programação religiosa do calendário.
A programação começa dia 10 com Seu Marquinhos e Banda. Dia 11, sobem ao palco Flávio Leandro e Edson Moral. Dia 12, a dupla Edy e Nathan.
A programação tem sequência dia 13 com Noite Cultural. Dia 14, Victor Fernandes e dia 15, DJ W Rocha. Dia 16 será a vez de Erick Land e Juninho Forró Mió.
Na reta final da programação, Forró deu Bom e Jonas Esticado dia 17, Marcos Nunes dia 18 e a volta do Caboclo Sonhador, Maciel Melo, dia 19, que ainda terá Banda Magníficos.
O evento tem realização da Prefeitura de Iguaracy, Secretaria de Cultura e Esportes, com apoio da Fundarpe e Governo de Pernambuco.

Estados, municípios e DF recebem hoje R$ 11 bi do leilão de cessão onerosa

A Agência Nacional de Petróleo e Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou nesta segunda-feira (30) que emitiu ordens bancárias no valor de R$ 11,73 bilhões para o Banco do Brasil creditar nas contas de estados, municípios e Distrito Federal. O montante, que estará disponível a partir desta terça-feira (31), se refere a valores arrecadados pelo governo, a título de bônus de assinatura, no leilão do excedente da cessão onerosa de duas áreas do pré-sal da Bacia de Santos.
Na sexta-feira passada (27), a Petrobras e as companhias chinesas CNODC e CNOOC concluíram o pagamento dos R$ 69,96 bilhões do leilão, realizado no início de novembro. O consórcio que arrematou os campos de Búzios e Itaipu pagou os R$ 35,54 bilhões que faltavam para quitar o bônus de assinatura do leilão.
Do total, a Petrobras desembolsou R$ 28,72 bilhões e as empresas chinesas, R$ 6,82 bilhões. No último dia 10, as empresas haviam antecipado o pagamento de R$ 34,42 bilhões. Na ocasião, o Ministério da Economia disse que a ANP faria a transferência dos valores nesta segunda-feira.
A partilha só foi possível porque o Congresso aprovou uma emenda à Constituição que excluiu do teto federal de gastos o repasse aos entes locais. A União ficou com 67% do valor que sobrou após o pagamento à Petrobras, os estados e o Distrito Federal com 15%, os municípios com mais 15%, e os estados produtores de petróleo, com 3% adicionais.
“O processo que envolveu Secretaria do Tesouro Nacional, Ministério de Minas e Energia, além da ANP e do BB, refere-se aos ditames da Lei nº 13.885/2019, que estabeleceu critérios de distribuição de parte dos valores arrecadados com o leilão do excedente da cessão onerosa a estados e municípios”, informou a agência.

Restaurante chinês é acusado de servir carne humana

A polícia de Pádua, no norte da Itália, fechou um restaurante especializado em comida chinesa acusado de servir carne humana.
A ação ocorreu após um funcionário publicar no Facebook uma foto, supostamente tirada na cozinha do estabelecimento, que mostra dois pés humanos em estado de decomposição em uma tigela azul.
De acordo com reportagem do Daily Mail, a imagem foi feita pelo garçom após um grupo de eslovenos pedirem um dos pratos principais da casa –patas de urso.
Depois de ver a imagem perturbadora na internet, um cliente italiano da casa alertou as autoridades locais.
Além dos supostos pés humanos, os agentes sanitários também encontraram peixes congelados de origem duvidosa, patas e pernas de caranguejo e rãs em estado de decomposição.
A reportagem não informou o nome do restaurante.
Patas do urso são consideradas uma iguaria na China e um prato pode custar cerca de a € 400.

‘Enquanto tiver homicídio em Pernambuco, a gente não pode descansar’, diz Paulo Câmara

O governador do Estado, Paulo Câmara, foi o convidado do programa 20 minutos, na TV Jornal, com Antônio Lavareda. Ele foi convidado a falar da gestão e as perspectivas para a economia do Estado, em 2020. Veja trecho selecionados, abaixo.
Violência e Pacto pela Vida
“Realmente são 24 meses de redução dos homicídios. São 26 meses e 27º mês de redução de roubos, furtos e assaltos, mas tem muito que fazer. Muito trabalho muito que enfrentar a política de segurança é uma política de área que se avalia todo dia toda semana, todo mês, ações para o futuro, buscando reduzir, buscando enfrentar a criminalidade e, ao mesmo tempo, somando uma política que Pernambuco tem, o Pacto pela Vida, para fazer com que a repressão necessária nos momentos de aumento de violência seja junto também com prevenção”.
“Então o que nós temos feito ao longo dos últimos 12 anos que é justamente o período do Pacto pela Vida é adaptar as políticas públicas a olhar também para a redução do número de homicídios, de roubo, de furto, de assalto e da violência em si. Nos últimos dois anos, é um plano que nós colocamos em prática em 2017. O maior investimento da história de segurança nós tivemos que fazer aqui em Pernambuco justamente porque a violência aumentou muito no Brasil como um todo.”
“Mas a gente sabe que tem muito que fazer ainda, muito que continuar, é uma trajetória que precisa a cada momento, a cada instante, ver formas de combater a criminalidade e aperfeiçoar a prevenção. Aqui em Pernambuco, temos educação, temos assistência social, temos ações de cidadania. Isso tudo ajuda dentro de uma política do Pacto pela Vida, dentro realmente de muitos investimentos que precisam ser feitos. Nós estamos formando agora 500 novos policiais militares (que) em janeiro vão para as ruas já fazer a etapa final de seu treinamento. Temos mais de 500 agentes da Polícia Civil também em treinamento para em janeiro de 2020 também ir para nossas delegacias de todo o estado então é uma política contínua constante. Temos muito que fazer agora.”
“Os resultados dos últimos quatro meses mostram que construímos um caminho novo, um caminho adaptando também o combate da violência a esse novo momento social que existe no Brasil, de aumento de desemprego e aumento da crise social. E isso precisa também adaptar as nossas políticas públicas e fizemos isso nos últimos dois anos e vamos continuar a fazer. Enquanto tiver homicídio em Pernambuco, a gente não pode descansar, temos que trabalhar muito para enfrentar isso, que tem relação com o tráfico de drogas com o tráfico de armas. Tudo isso tem que se pensar de uma maneira nacional de enfrentar questões como essa.”
Ações na educação
“A educação é um bom exemplo de uma política pública que nós investimos muito. E que após 13 anos agora nós estamos tendo os resultados que nós gostaríamos e que nós queremos continuar a ter. Pernambuco hoje tem a maior taxa de aprovação do Brasil, tem a menor taxa de abandono do Brasil, apenas 1% dos nossos alunos não terminam o ensino médio, aqueles que ingressam nas nossas escolas de Ensino Médio de Tempo ou regular ou de tempo integral. Então são indicadores que hoje nos fazem referência no Brasil em relação ao ensino médio. Estamos trabalhando muito com os municípios. Acabamos de lançar no ano 2019 o programa Criança Alfabetizada.”
“Vamos estar junto dos 184 municípios justamente para alfabetizar criança na idade certa e com qualidade, isso vai ajudar muito a melhoria do ensino fundamental e vamos continuar a trajetória do ensino médio, uma trajetória que nos tirou das últimas colocações do Ideb nos fez ser referência no Brasil e que tem na Escola de Tempo Integral um grande aliado. Hoje nós temos como você bem falou 57% nossos alunos estudam em escolas de tempo integral. A partir de 2020, 62% vão estudar em tempo integral e nós temos o nosso planejamento até 2022 de ter 70% dos nossos alunos em tempo integral.”
“Porque tudo aquilo que nos demanda em termos de escola de tempo integral mostra claramente que, no dia que nós tivermos 70% de vagas, nenhum aluno que quiser estudar na Escola de Tempo Integral não vai deixar de ter vaga. Isso é muito importante: reforçar o ensino integral, não descuidar da escola regular, continuar esse acompanhamento diário também mensal semanal junto com as escolas com os indicadores, fazer o aluno gostar de estar aprendendo, do professor tá com condições de ensinar cada vez melhor.”
“Isso faz uma diferença na gestão da escola e é com educação que a gente vai transformar o nosso estado, preparar as novas gerações de pernambucanos. É a grande política de prevenção que vai nos ajudar na frente a melhorar a qualidade do emprego, a diminuir a violência até a população com mais saúde. Então nós sabemos do valor da educação. Temos um caminho construído nas escolas de tempo integral e isso tem dado certo. Isso tem dado bons resultados e a gente quer implementar como eu falei, até 2022, 70% de nossos alunos vão estudar em tempo integral.” (Via: Blog do Jamildo)

Buracos na PE 320 ajudaram a causar acidente com morte

Vítima era de Solidão e tinha 44 anos
Um acidente de trânsito que teve a participação dos buracos na PE 320 na altura de Carnaúba dos Santos acabou com uma morte neste domingo. O condutor do Corolla placas PFC- 3890 era Raphael Feitosa Leal, de 29 anos, morador do Bairro São Francisco, Afogados da Ingazeira. Ele seguia no sentido Afogados da Ingazeira a Tabira.
O carro guiado por Raphael ultrapassava a Saveiro, placa OFC-5548- PB, preta, conduzida por José Ramos de Lima, conhecido por Piston do Bar, residente no sítio Fabrício em Solidão. Ele tinha 44 anos. Quando o ultrapassava o veículo, o condutor tentou se livrar de um dos tantos buracos na via. Acabou batendo na traseira do seu veículo.
A Saveiro veio a capotar, caindo na ribanceira, no sentido contrário da mão em que seguia. José Ramos ficou preso embaixo do veículo. Foi socorrido pelo condutor do Corola, desemborcando o veículo que estava sobre ele, ajudando também os bombeiros durante o socorro. Raphael não estava sob efeito de álcool.
O policiamento ficou no local controlando o trânsito, resguardando a área até a chegado do Instituto de Criminalística e da remoção dos veículos. As vítimas que se encontravam na saveiro foram socorridas ao Hospital Regional Emília Câmara com escoriações de natureza aparentemente de lesão leve. Já José Ramos veio a óbito quando chegou ao hospital.
Nill Júnior

"MEC anuncia internet em quase 100% das escolas públicas do país em 2020

 
O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta terça-feira (19) que vai conectar à internet 70 mil escolas públicas em 5.296 municípios. Só estarão de fora as instituições de ensino em municípios que ainda não tiverem condições técnicas para a conexão.
Leia também: “Brasil estará no último lugar da América do Sul no Pisa”, diz Weintraub
O acesso à web estará disponível no início das aulas em 2020. No total, serão beneficiados 27,7 milhões de estudantes. O investimento previsto é de R$ 224 milhões.
"Na volta às aulas a gente vai cuidar das exceções [escolas difíceis de conexão]; o que era raro, uma escola pública conectada à internet, passa a ser a regra", afirmou o ministro Abraham Weintraub. "E as que forem muito remotas, muito distantes, a gente também está conectando via satélite; é mais caro, mas nos dias de hoje como você pode preparar a futura geração do Brasil sem internet?", disse o ministro Abraham Weintraub.
O ministro fez críticas ao governo anterior por não ter feito isso antes. "Hoje em dia, todo o conhecimento humano está em um clique e manter nossas crianças sem acesso (...) é um absurdo", disse Weintraub.
Para Weintraub, não serve de desculpa para os governos anteriores o custo de implantação da internet. "O senhor pegou o Brasil quebrado", disse Weintraub olhando para o presidente Jair Bolsonaro.
"Primeiro refresco [econômico] que deu, o senhor [Bolsonaro] investiu na internet nas escolas. Quanto? Não chega a R$ 300 milhões. Nós temos 70 universidades federais no Brasil, a mais barata custa mais que isso, uma universidade pequena federal garante todas as nossas crianças com acesso à internet", comparou.
Os recursos fazem parte do programa "Dinheiro Direto na Escola", administrado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Eles serão repassados diretamente para as instituições."
Gazeta do Povo.

Droga em quartel foi crime mais julgado pelo STM em 2019

Drogas nos quartéis, deserção e estelionato foram os crimes mais julgados pelo Superior Tribunal Militar (STM) em 2019.
O STM analisou 1.306 casos de janeiro a novembro deste ano. Os dados de janeiro só serão consolidados em 2020.
318, ou 25%, foram do crime de “posse ou uso de entorpecente ou substância de efeito similar” em local sob administração militar, segundo o Código Penal Militar.
Em seguida, está a deserção, com 165 ocorrências. O crime acontece quando o militar se ausenta, sem licença, da unidade em que deve permanecer por mais de oito dias.
O crime de estelionato ficou em terceiro lugar, com 134 casos. Ele enquadra o militar que obtém vantagem ilícita, para si ou para outros. (Por Eduardo Barretto/Época)

Governo brasileiro multa Facebook em R$ 6,6 mi por compartilhamento de dados

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou nesta segunda-feira (30) que decidiu multar a empresa Facebook em R$ 6,6 milhões por suposto compartilhamento indevido de dados de usuários.
A empresa será intimada e poderá apresentar recursos à decisão, no prazo de dez dias. Procurado, o Facebook ainda não se manifestou sobre o caso.
A Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), do Ministério da Justiça, começou a investigação após denúncia publicada pela imprensa, em abril de 2018, informando que usuários do Facebook no país poderiam ter sido vítimas de compartilhamento indevido de dados pela consultoria de marketing político Cambridge Analytica.
Após a apuração, o governo informou que foi identificada uma prática abusiva da empresa, investigada por violação dos dados pessoais dos usuários da plataforma levando em consideração a forma de consentimento do consumidor.
O processo administrativo apontou que "resta evidente que dados dos cerca de quatrocentos e quarenta e três mil usuários da plataforma estavam em disposição indevida pelos desenvolvedores do aplicativo 'thisisyourdigitallife' para finalidades, no mínimo, questionáveis, e sem que as representadas conseguissem demonstrar eventual fato modificativo de que tal número foi efetivamente menor".
"This is Your Digital Life" (Esta é sua vida digital) é um aplicativo que teria sido usado pela assessoria Cambridge Analytica para obter dados pessoais de usuários do Facebook. A consultoria britânica é suspeita de usar as informações de milhões de usuários da plataforma digital para fins eleitorais.
Para o Ministério da Justiça, a rede social deveria "ter um cuidado muito maior na gestão desses dados, uma vez que o modelo de consentimento adotado teve implicações relevantes para o número de pessoas com dados expostos".
O processo concluiu, portanto, que houve falha do Facebook em oferecer a proteção necessária aos usuários. O ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) usou uma rede social para falar sobre o caso."O futuro da proteção do consumidor está nas redes digitais. Passou o tempo no qual o problema era a troca do liquidificador quebrado (embora este também precise ser substituído)", escreveu o ministro. (Via: Folhapress)

Governo Federal divulga investimento de R$ 84,2 milhões para o Bolsa Atleta em 2020

A lista de competidores contemplados com os recursos dos programa Bolsa Atleta foi publicada nesta segunda-feira (30), no Diário Oficial da União. O investimento total será de R$ 84,2 milhões, envolvendo um total de 6.248 atletas que integram os programas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, a serem realizados no próximo ano em Tóquio.
O atletismo é a modalidade com maior número de beneficiados: 862, seguido por natação (483), handebol (316), tiro esportivo (299) e tênis de mesa (256). Todos os esportes que farão suas estreias na programação olímpica e paralímpica também compõem a relação.
Os atletas que foram contemplados no edital estão divididos entre os 4.248 de modalidades olímpicas e outros 1.134 de modalidades paralímpicas. Do total, 3.517 são homens e 2.731, mulheres. Os competidores também estão separados nas divisões Nacional, com 4.286 atletas, Internacional (949), Estudantil (383), Olímpica/Paralímpica (340) e de Base (290).
“Com esse edital foi possível atender uma boa quantidade de atletas, fruto do esforço do governo Jair Bolsonaro para recompor o Bolsa Atleta. Creio que cumprimos a nossa parte e fechamos o ano com chave de ouro. Esse edital dá uma tranquilidade maior para os nossos atletas, que estão na reta final de preparação para os Jogos de Tóquio 2020, embora o Bolsa Atleta tenha atingido todas as cinco categorias: a da Base, o Estudantil, o Nacional, o Internacional e o Olímpico/Paralímpico”, afirmou o secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Décio Brasil (foto).
A média de idade dos atletas contemplados é de 24 anos. Nos extremos da lista estão à mesatenista Giulia Takahashi, de 14 anos, campeã dos Jogos Escolares Brasileiros e Sul-Americanos, que recebe a categoria Internacional; e José Augusto Pacheco, 75 anos, atletas do tiro esportivo, que recebe a bolsa Nacional pelo terceiro lugar conquistado na prova de carabina deitada do Campeonato Brasileiro de Tiro Esportivo Sênior por equipes.
O Bolsa Atleta é um programa de patrocínio direto aos competidores. Desde a criação, em 2005, já foram concedidas mais de 69,5 mil bolsas, para 27 mil atletas de todo o Brasil. O valor destinado pelo programa desde sua implantação supera a marca de R$ 1,2 bilhão.
Nos Jogos do Rio, 77% dos 465 atletas convocados para defender o Brasil eram bolsistas. Das 19 medalhas conquistadas pelos representantes nacionais, apenas o ouro do futebol masculino não contou com bolsistas.
Em 2019, no Pan, dos 485 atletas originalmente inscritos pelo COB, a o Pan de Lima, 333 eram bolsistas. Do total de pódios conquistados, 141 vieram com atletas beneficiados pelo programa. Já no Parapan, do total de 308 medalhas brasileiras, 287 (93,18%) foram conquistadas por atletas contemplados pelo Bolsa Atleta.

Desemprego cai mais uma vez e atinge 11,2% em novembro, diz IBGE

Taxa de desemprego é a menor desde o trimestre encerrado em março de 2016, quando foi de 10,9%.
Foto: Montagem/ Portal de Prefeitura
A taxa de desemprego no Brasil caiu mais uma vez no ano e ficou em 11,2% no trimestre encerrado em novembro, atingindo 11,9 milhões de pessoas, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Essa foi a segunda queda seguida do indicador, que ficou em 11,6% nos três meses até outubro. Com isso, a taxa de desemprego é a menor desde o trimestre encerrado em março de 2016, quando foi de 10,9%. Em maio e abril de 2016, a taxa foi de 11,2%.
De acordo com as informações do IBGE, as vagas temporárias abertas no comércio para fazer frente às datas comemorativas de final de ano contribuíram para a queda no desemprego no mês passado. A população ocupada chegou ao recorde de 94,4 milhões de pessoas.
Informalidade
Houve também crescimento nos indicadores de informalidade. Nos três meses até novembro, houve alta de 1,2% no número de trabalhadores por conta própria, que chegou a 24,6 milhões de pessoas, novo recorde na série histórica do IBGE.
Carteira assinada
O número de pessoas ocupadas cresceu em 785 mil. Destes, 338 mil foram no comércio, uma alta de 1,8%. Houve crescimento também no setor de alojamento e alimentação, com 204 mil ocupados a mais, seguido pela construção, com 180 mil vagas.

Economia fecha ano com crescimento no ritmo mais forte desde início da crise

Com ajuda da liberação dos recursos do FGTS, que impulsiona o consumo, atividade deve terminar o quarto trimestre com crescimento de 0,8%, segundo economistas
Luciana Dyniewicz, O Estado de S.Paulo
Com a ajuda da liberação dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a economia brasileira deverá ter o melhor fim de ano desde o início da recessão, em 2014, e deve começar 2020 aquecida. Segundo bancos e consultorias ouvidos pelo ‘Estado’, o Produto Interno Bruto (PIB) poderá crescer neste último trimestre até 0,8% na comparação com os três meses anteriores. Desde o início da crise, esse número para o período variou entre -1,3% e 0,3%.
Se a atividade mantivesse esse ritmo do último trimestre, ela avançaria 3% em um ano. Mas o normal é que apresente alguma desaceleração entre janeiro e março – ainda que, para o início de 2020, muitos economistas estejam otimistas.
O dado mais recente do mercado de trabalho corrobora essa visão de que a economia vem ganhando tração. Na semana passada, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que 99 mil vagas de emprego com carteira assinada foram criadas apenas em novembro. No acumulado do ano, são 948 mil.
“Uma taxa de 80 mil vagas de trabalho por mês é compatível com um PIB de 2,8%”, diz o economista Luka Barbosa, do Itaú Unibanco. Ele lembra, porém, que não é possível estimar o ritmo de crescimento da atividade tendo a criação de postos de trabalho como único indicador. “Mas os dados de emprego indicam que há, sim, um processo de aceleração.”
Economia brasileira deverá ter o melhor fim de ano desde o início da recessão Foto: HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO
Consumo
Os saques do FGTS são os principais responsáveis pelo impulso extra neste fim de ano. O Santander, por exemplo, que projeta uma alta de 0,8% no PIB do último trimestre, calcula que a metade disso se deverá ao FGTS.
A liberação dos recursos tem impulsionado, principalmente, o consumo das famílias, que, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre/FGV), vai crescer 2,8% no quarto trimestre na comparação com o mesmo período de 2018. No ano, deverá acumular alta de 2%. “Neste quarto trimestre, estamos no ápice do consumo, que mudou de direção. No início do ano, ele estava fraco”, diz a economista Silvia Matos, do Ibre.
A economista Alessandra Ribeiro, sócia da Tendências Consultoria, afirma que, justamente por causa do efeito do FGTS, é preciso certa cautela com os indicadores econômicos do último trimestre. “Já vimos que a economia deu uma inflada no governo de Michel Temer quando recursos do FGTS foram liberados. Mas também não dá para negar que os fundamentos econômicos agora apontam para um cenário melhor.” Para Alessandra, que prevê um PIB de 0,7% no quarto trimestre, o primeiro trimestre do ano que vem ainda deverá se mostrar mais aquecido por causa do FGTS. Para o período entre janeiro e março, a projeção da Tendências é de 0,4%.
Confiança
Além do impulso na economia neste fim de ano e início de 2020, a liberação dos recursos do fundo de garantia deve ter um efeito secundário ao aumentar a confiança do consumidor e dos investidores. “Essa perspectiva pode gerar um efeito permanente na economia, mas não na mesma magnitude que os recursos em si geram”, diz o economista Lucas Nóbrega, do Santander.
O FGTS, apesar de ser o principal, não é o único motor da atividade brasileira neste fim de ano. A estabilização da economia global e a queda dos juros também colaboraram para esse cenário mais otimista. “Se a Selic (a taxa básica de juros) ficar em 4,5%, ela muda a dinâmica do mercado consumidor. Esse impacto é muito forte e acho que o estamos subestimando”, diz Roberto Padovani, economista-chefe do Banco Votorantim. Na semana passada, Padovani alterou suas projeções para o PIB de 0,8% para 1,1% neste ano e de 2% para 2,5% em 2020.
Economista-chefe da MB Associados, Sérgio Vale destaca que, além do comércio impulsionado pelo FGTS, é possível identificar sinais de um crescimento mais consistente em outros setores, como o da construção civil. “Encerramos 2019 melhor e vislumbramos um 2020 mais relevante, depois de três anos tão fracos”, diz.
“Pela primeira vez, iniciamos um ano bem e devemos conseguir entregar um resultado mais forte, fora eventuais percalços, que não foram poucos nos últimos anos”, acrescenta Vale, em referência às denúncias de Joesley Batista contra o ex-presidente Michel Temer que paralisaram a reforma da Previdência, à greve dos caminhoneiros, à crise argentina e à tragédia da Vale.
Nóbrega, do Santander, lembra, porém, que as eleições americanas no ano que vem podem trazer instabilidade ao mercado internacional, se tornando um novo percalço para a economia brasileira.

Em 2019, Bolsonaro ganhou por dia 12,4 mil seguidores no Instagram

Um levantamento feito pelo Crowdtangle mostrou que desde que Jair Bolsonaro assumiu a presidência, em janeiro deste ano, ele ganhou nada mais nada menos que 4,5 milhões de novos seguidores no Instagram. O número equivale a uma média de 12,4 mil seguidores por dia.
Atualmente 14,6 milhões de pessoas seguem Bolsonaro na rede social. Em 2018, eram 8,3 milhões de internautas, um ganho exponencial de 7,42 milhões.
Segundo informações de O Globo, a conta do presidente no Instagram também recebeu 464,8 milhões de interações (curtidas e comentários), mas esse número vem caindo desde agosto, mês em que houve 36,4 milhões de interações. Já em dezembro foram 14,5 milhões de curtidas e comentários em dezembro.
Facebook: O presidente é mais ativo no Facebook, mas o número de seguidores pouco variou em 2019. Desde o início do ano 9,21 milhões de usuários curtiam a página. Atualmente são 9,94 milhões, um crescimento de 726 mil, em média. (Via: Agência Brasil)

Fuja das filas e saiba como apostar na Mega da Virada pela internet

Apesar de o prêmio da Mega da Virada ainda não estar fechado, muitos já sonham com a bolada avaliada inicialmente em R$ 300 milhões, a ser sorteada no dia 31 de dezembro. E se você pretende jogar este ano, saiba que é possível participar sem precisar pegar fila, direto de casa.
O aplicativo gratuito Loterias Caixa, disponível para Android e iOS, permite apostar através do celular - e não só neste sorteio, mas também nas Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca e Dia de Sorte.
Os preços são iguais aos das casas lotéricas; a diferença está nos limites: as apostas devem ser de no mínimo R$ 30 por transação e máximo de R$ 500 por dia. O app também exige que o pagamento seja feito por meio de cartão de crédito (de qualquer banco).
Siga o passo a passo:
1. Baixe o aplicativo Loterias Caixa
Ao abrir o software, deslize a tela para a esquerda para assistir à introdução, ou pule o tutorial clicando no botão no canto inferior direito.
2. Faça login ou cadastre-se.
Para logar, insira CPF e senha. Caso não tenha uma conta ainda, crie a sua clicando em "Cadastre-se". Depois de preencher as informações, confirme se aceita os termos de uso do app.
3. Comece a apostar
Na tela inicial do app, selecione "Mega da Virada" e "Aposte". Escolha os números e toque em "Adicionar ao carrinho de apostas". Se desejar fazer novas apostas, clique em "Voltar ao Início" e repita o processo. Lembrando que é necessário atingir o valor mínimo de R$ 30 para efetuar o pagamento.
4. Pague
Em "Carrinho de apostas", clique em "Avançar para forma de pagamento". Insira os dados do cartão de crédito e escolha a opção "Apostar e autorizar cobrança".
5. Pronto!
Agora, se quiser conferir suas apostas, vá na tela inicial e toque em "Minhas apostas", no canto inferior esquerdo. Você ainda pode acessar por lá os resultados dos concursos antigos da Mega-Sena - inclusive o da última Mega da Virada - para saber os números que foram sorteados. (Via: Jc Online)

Bolsonaro sanciona lei contra o incentivo ao suicídio com pena de até 20 anos

O governo federal também criou a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio
O incentivo à automutilação e suicídio pela internet tem sido observado nos últimos tempos. O presidente Jair Bolsonaro sancionou na sexta-feira (28)
a Lei 13.968/2019, que aumenta pena para quem incentivar o suicídio ou à automutilação de uma pessoa por meio da internet.
Com a sanção da norma, aprovada anteriormente pelo Congresso, a pena para o crime de incitação ao suicídio, que varia entre seis meses a dois anos de prisão, será dobrada se a conduta tiver ocorrido pela internet, rede social ou transmissão ao vivo.
A norma também prevê o dobro da pena se a incitação envolver menores de idade ou tiver sido praticada por "motivo egoístico, torpe ou fútil".
Se o crime for praticado contra menor de 14 anos ou contra quem não tem "necessário discernimento para a prática do ato", a conduta será enquadrada como homicídio, cuja pena é de seis a 20 anos de prisão.
Neste ano, além da punição para quem estimula o suicídio e à automutilação pela internet, o governo federal também criou a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio.
Continua depois da publicidade
A Lei nº 13.819, que instituiu o programa, estabeleceu que as escolas, tanto públicas como privadas, notifiquem aos conselhos tutelares toda suspeita ou ocorrência confirmada envolvendo violência autoprovocada.
As unidades de saúde, por sua vez, ficam obrigadas a reportar os episódios às autoridades sanitárias. Com essa medida, o governo pretende manter atualizado um sistema nacional de registros detectados em cada estado e município, para que possa dimensionar a incidência de automutilação e suicídio em todo o país.
Fonte: Agência Brasil

Desemprego cai e população ocupada bate recorde em série de pesquisa

O total de pessoas trabalhando no Brasil bateu novo recorde da série história da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, iniciada no ano de 2012, chegando a 94,4 milhões no trimestre móvel de setembro, outubro e novembro. O levantamento foi divulgado nesta sexta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
A pesquisa mostra que a taxa cresceu em ambas as comparações: 0,8% (mais 785 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior (junho, julho e agosto) e 1,6% (mais 1,5 milhão de pessoas) em relação ao mesmo trimestre de 2018 (setembro, outubro e novembro). A taxa de desemprego também caiu nas duas comparações, 0,7 ponto percentual em relação ao trimestre junho de a agosto de 2019 e 4,4 ponto percentual em relação ao semestre de setembro a novembro de 2018.
Carteira de trabalho
Também cresceu o número de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado. O número chegou a 33,4 milhões e aumentou em ambas as comparações: 1,1% (mais 378 mil pessoas) em relação ao trimestre móvel anterior (agosto, setembro e outubro) e 1,6% (mais 516 mil pessoas) contra o mesmo trimestre de 2018 (setembro, outubro e novembro).
Já a categoria dos empregados sem carteira de trabalho assinada no setor privado (11,8 milhões de pessoas) ficou estatisticamente estável em ambas as comparações. (Via: Jc Online)

Zeinha Torres admite participar do SAMU pelo Consórcio, desde que o valor caia pela metade

Mesmo somando muitas conquistas, o Prefeito de Iguaracy Zeinha Torres, considera o ano de 2019 como regular. Falando a Anchieta Santos na Rádio Cidade FM, Zeinha citou emendas para obras, dos deputados Waldemar Borges e Diogo Morais como praças e pavimentação de ruas, de Gonzaga Patriota para trator, praça e construção de quiosques na área dos trailers.
Também o Senador Humberto Costa com dinheiro para construção da futura ciclovia, ex-deputado João Fernando Coutinho com trator, Carlos Véras com ambulância e R$ 150 mil para a saúde e mais duas ambulâncias com emendas de Renildo Calheiros e Pastor Eurico.
Zeinha enalteceu o bom trabalho na área de saúde do médico e vice-prefeito Pedro Alves e já confirmando a chapa para a disputa da reeleição em 2020. Resgate das festas tradicionais; avanços na saúde, educação, agricultura e assistência social com o Prêmio Nacional do Programa Criança Feliz.
Provocado a falar sobre a ausência de Iguaracy no SAMU regional, Zeinha se mostrando incomodado ao responder. “Eu não disse que não quero. Vou cadastrar o município na Central de Regulação, coisa que já pensava fazer antes mesmo do Consórcio. Quando me criticavam por não colocar o SAMU no Consorcio ninguém me perguntou o porquê. Não tenho nada contra o Consorcio”.
A justificativa do prefeito é que antes o valor que Iguaracy gastaria seria de R$ 4,8 mil, depois passou para R$ 6,8 mil o que com sede de ambulância pagando água, luz e limpeza vai superar R$ 7 mil. garante, o município não teria condições. Zeinha concluiu dizendo que “se o valor ficar pela metade”, Iguaracy participa. Indagado se o assunto SAMU lhe tira do sério, parecendo não aceitar críticas, o prefeito disse que não. “Só não aceito injustiça”. (Via Nill Júnior)

Em entrevista, Bolsonaro diz que Brasil terminou ano bem

Do Estadão Conteúdo
O Brasil terminou 2019 bem e a maioria da população percebe o País melhor, na avaliação do presidente Jair Bolsonaro.
Em entrevista na tarde desta terça-feira, 24, ao apresentador José Luiz Datena, da TV Bandeirantes, Bolsonaro disse que “a maioria da população sentiu que está melhor do que no passado”.
Citando a queda da taxa Selic para o mínimo histórico de 4,5%, o presidente destacou que o governo pagará menos juros da dívida. “Nós pagamos por ano em torno de R$ 400 bilhões de juros. Vamos pagar agora R$ 110 bilhões a menos”, detalhou, atribuindo feitos na área econômica ao trabalho da equipe comandada por Paulo Guedes. O risco Brasil, ressaltou, está em recuperação.
“Resolvemos essa semana a questão do aço no Brasil; Trump iria sobretaxar, mas conversei com ele por telefone e resolvemos a questão”, citou.
Ao comentar prioridades para o Brasil em 2020, disse que a reforma administrativa é muito importante. Além disso, continuar fazendo comércio com o mundo todo é fundamental, destacando que em janeiro viaja para a Índia. “Vamos assinar muitos acordos, alguns contratos.”
Ele falou também sobre preços. “Sei que a carne está cara”, afirmou, prevendo que daqui a três ou quatro meses se normalize o mercado. “Os combustíveis estão muito altos. Na ponta da linha, vendedor às vezes abusa”, pontuou.
O presidente destacou também a abertura do comércio de gás da Argentina para o Brasil e citou ainda potencial do Rio Grande do Norte na área. “Agora, a Bolívia trocou o governo, agora não é mais um socialista, e vamos ter eleição em janeiro e ao que tudo indica não vai ser um socialista, e vamos ampliar a nossa compra de gás da Bolívia”, acrescentou.
Bolsonaro lembrou que “aprovamos reforma da Previdência, salgada, mas tínhamos que aprová-la se não o Brasil ia quebrar”. Citou ainda a aprovação da lei da Liberdade Econômica. Segundo o presidente, o projeto do Código de Trânsito será aprovado em fevereiro ou março. “Temos tido retorno do Parlamento. O Parlamento em parte tem nos ajudado bastante”, afirmou.
Sobre o projeto de transformar a Baía de Angra “numa Cancún”, mais aberta ao turismo de massa, disse que a ideia precisa passar pelo Congresso, porque revogaria decreto ambiental. “Se estivesse na Espanha, a Baía de Angra faturaria bilhões de dólares com turismo.”
“Terminamos o ano sem uma denúncia de corrupção em nosso governo. Fizemos o possível para que velhas práticas não voltassem”, disse. O governo, de acordo com o presidente, “respeita a família” e “honra seus militares”. “É um governo que fala em Deus”, acrescentou. A intenção, ainda segundo ele, é entregar um governo “a quem me suceder bem melhor do que aquae eu recebi em janeiro deste ano”.
Caged
Na avaliação do presidente, o melhor programa social é o emprego. “Os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) vão bater agora em dezembro a criação de 1 milhão de empregos no Brasil, agora estamos pouco abaixo de 13 milhões de desempregados no Brasil. Falta muita coisa ainda”, admitiu, pontuando que houve reversão de tendência.
Bolsonaro também reconheceu que há problemas na Educação, ainda. “Vamos ter que melhorar”, afirmou. Ele, contudo, evitou responder sobre reforma ministerial e permanência do ministro da Educação, Abraham Weintraub, no cargo. “No momento, não tem ninguém previsto para sair.”

Lei anticrime acaba com 'saidinha' de presos como Suzane von Richthofen

Sanção da nova legislação foi publicada nesta quarta-feira (25) no Diário Oficial da União
Na última segunda-feira (23), Suzane deixou a prisão para a saidinha de Natal e ano novo
Condenados por crimes de repercussão como Suzane von Richthofen, presa pela morte dos pais, perderão o direito a saídas temporárias da prisão. As chamadas saidinhas estão previstas na Lei de Execução Penal, mas, depois que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou o pacote anticrime, deixaram de valer para quem cumpre pena por crimes hediondos que resultaram em morte. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.
Até a sanção das alterações propostas pelo pacote federal, o benefício poderia ser concedido para detentos em regime semiaberto com bom comportamento que já tivessem cumprido um sexto da pena, se réus primários, ou um quarto, se reincidentes. O apenado poderia usar a saída para vários fins, como visitar a família ou frequentar curso profissionalizante. Em geral, as liberações costumavam ocorrer em datas como o Natal, dia das mães, etc.
Na última segunda-feira (23), por exemplo, Suzane von Richthofen deixou a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP), para a saidinha de Natal e ano novo. Outras presas como Elize Matsunaga, condenada pelo assassinato do marido, Marcos Matsunaga, e Anna Carolina Jatobá, presa com o marido, Alexandre Nardoni, pela morte da pequena Isabella Nardoni, também estão usufruindo do benefício.
"NÃO FAZ SENTIDO"
Autor da emenda que inclui esse item no pacote anticrime, o deputado federal Lafayette de Andrada (Republicanos) citou esses crimes quando defendeu a mudança da lei quando ela ainda estava em tramitação no Congresso.
"A Suzane von Richthofen, saidinha do Dia das Mães, não faz sentido. Casal Nardoni, saidinha do Dia das Crianças, não faz sentido. É na mesma esteira do que já havíamos aprovado em sessão anterior, vedação para liberdade condicional para crime hediondo com resultado morte, aqui seja vedado saída temporária para crimes hediondos com resultado morte", disparou o parlamentar, na ocasião.
Foto: Reprodução/SBT
Da editoria de Política

Testes na segunda etapa de Adutora e operação da ETA Tabira melhoram distribuição no Pajeú

Operações vão mudar mapa da distribuição. Veja como vai ficar:
A segunda etapa da Adutora do Pajeú está em testes desde o dia 10 de dezembro, a partir da Adutora de Sertânia. Segundo Gileno Gomes e Ayla Freitas, da COMPESA, com esse incremento, serão atendidos Iguaracy, Afogados, Tabira, Carnaíba, Quixaba, Santa Terezinha, Itapetim, São José do Egito e Tuparetama.
Solidão e Brejinho vão ser atendidos numa segunda etapa. Solidão precisa de execução de um projeto para uma Adutora que vai para licitação. Já Brejinho tem previsão de contrato do DNOCS para um sistema do trevo de Itapetim até Brejinho. Depende da etapa que vai até a Paraíba.
Segundo Gileno, uma dotação orçamentária do DNOCS garantirá a continuidade dos trabalhos e captação definitiva vai ser na Barragem de Campos, Sertânia. Isso dará duas opções de captação, no canal e na Barragem.
Com a primeira etapa da Adutora, que atendia toda a região, no Pajeú ficarão apenas Serra Talhada, Calumbi e Flores, de onde sai um ramal para Princesa Isabel. Numa próxima etapa entrarão Triunfo e Santa Cruz da Baixa Verde, que precisam de ramais, ainda em elaboração de projeto básico.
Tabira já está recebendo água com a ETA em fase de testes. Provavelmente será inaugurada oficialmente na primeira quinzena de janeiro com a presença do Governador Paulo Câmara. Isso dá folga a Afogados da Ingazeira. Com isso as queixas tem diminuído, pelo “radiopajeúzômetro”, o monitoramento de queixas da Rádio Pajeú. Afogados ainda conta com a Barragem de Brotas e o sistema Zé Dantas, este último que abastece a cidade e ainda ajuda a Carnaíba, Itã e zona rural.

Camiseta “Jesus” de Michelle Bolsonaro em mensagem de Natal ira esquerdistas

A primeira-dama Michelle Bolsonaro esteve ao lado do presidente da República na primeira mensagem de Natal da atual gestão, usando uma camiseta vermelha com o nome de Jesus estampado. Nas redes sociais, usuários que se opõem ao governo criticaram a menção de fé.
A aparição da primeira-dama no vídeo motivou críticas de internautas nas redes sociais. O jornalista Lula Falcão quis associar a camiseta com o nome de Jesus usada pela esposa do mandatário à ideia de que a República teria se tornado uma teocracia: “O ex-Estado laico”, escreveu.
Em outras manifestações de tom mais agressivo, usuários das redes sociais repudiaram a iniciativa: “Meu namorado em Buenos Aires e eu aqui nesse país de m**** tendo que ver Michelle Bolsonaro com camiseta de Jesus” e “Mano, que p#### é essa? Michelle Bolsonaro com camiseta escrito Jesus no pronunciamento oficial?”, foram algumas das manifestações de oposição, segundo o portal Guia-me.
Por outro lado, muitos se manifestaram em apoio à iniciativa da primeira-dama: “Só falar em Jesus que os demônios tremem. Mulher linda está Michelle Bolsonaro. Escolhemos o melhor presidente que o Brasil já teve e Deus nos presenteou com a Michelle. Só orgulho!”, escreveu uma usuária do Twitter, em resposta a Lula Falcão.
“Engraçado que o Bolsonaro deu espaço pra sua esposa Michelle Bolsonaro no pronunciamento oficial de Natal e não tem nenhuma feminista comentando isso. Muito pelo contrário, estão atacando a Michelle, a religião dela (por estar com blusa escrito ‘Jesus’)… Inacreditável”, comentou outra.
O pastor Gesiel Oliveira preferiu rir das críticas: “A mulher fala na noite de Natal, que é uma data em que se comemora o nascimento de Jesus, usando uma camiseta com o nome do aniversariante e é criticada? Eita Brasil véi de guerra!”, escreveu, usando emojis de gargalhada.
“Uma roupa com o nome ‘Jesus’ em pleno Natal é suficiente para irritar a rapaziada ‘tolerante’… O Brasil está presenciando a mais intensa guerra ideológica de sua história. Michelle Bolsonaro mais uma vez nos representou! Temos voz outra vez!”, comemorou o internauta Igor Queres.

Justiça suspende show gospel no réveillon do Rio, mas mantém “exaltação aos Orixás”

A decisão judicial que suspendeu um show gospel no réveillon do Rio de Janeiro este ano continua gerando polêmica, visto que muitos juristas interpretaram a determinação como um ato de discriminação contra à fé cristã, já que canções que fazem “exaltação aos Orixás” fazem parte da programação.
O show gospel no réveillon do Rio seria realizado pela cantora Anayle Sullivan, até que o Tribunal de Justiça do estado determinou a suspensão da apresentação, segundo a juíza Ana Cecília Argueso Gomes de Almeida, por violar o princípio da “laicidade”.
“Em respeito aos princípios constitucionais da laicidade do Estado e da garantia da liberdade religiosa, que determinam ‘a promoção da tolerância e do respeito mútuo entre os adeptos de diferentes concepções religiosas e não religiosas, de modo a prevenir a discriminação e assegurar o pluralismo religioso´, concedo a tutela de urgência requerida para determinar a suspensão da realização do show religioso gospel da cantora Anayle Sullivan ou de qualquer outro cantor ou grupo religioso na festa de Réveillon de Copacabana”, diz um trecho da decisão.
Para a advogada Luciane Costa Nascimento, no entanto, a decisão da juíza foi um ato de discriminação contra a fé cristã, visto que durante os shows no réveillon do Rio é comum vários artistas apresentarem canções que exaltam crenças de religiões de origem africana, como o candomblé.
“Diante de todas as outras apresentações artísticas do evento, não serão analisadas todas as letras das músicas que serão cantadas nos shows, que são as mais variadas, e falam de todos os temas e sentimentos humanos, podendo tratar de romances, alegrias, tristezas, traições, revoltas, esperanças, o que é, obviamente, a total liberdade de expressão presente nas canções, desde que não haja ofensa o ser humano sob qualquer aspecto ou incite apologia ao crime”, disse Luciane.
“Diante disso, podemos concluir de forma inequívoca, que o critério utilizado pela magistrada para suspender a referida apresentação musical, foi o fato da música professar a FÉ CRISTÃ. Não há qualquer dúvida em relação a isso!”, acrescenta a advogada, segundo o JM Notícia.
“Isso pode ser claramente verificado no fato de que, principalmente nos Shows de Réveillon as diversas apresentações de artistas famosos no âmbito nacional, apresentam canções de exaltação aos Orixás (entidades do candomblé), a Iemanjá (divindade africana das religiões Candomblé e Umbanda), ou de invocação a divindades e santos como uma forma de clamor por um novo ano próspero e de paz! E isso deve ser respeitado!”, destacou.
Vale destacar que a decisão foi tomada após uma ação protocolada pela Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (Atea). O governo do Rio, no entanto, falou que irá recorrer da decisão.
“O Réveillon Rio 2020 será um evento grandioso e plural, contemplando todos os estilos musicais. Os palcos espalhados pela orla de Copacabana tocarão diversos ritmos, passando pelo samba, pagode, rock, funk, gospel, entre outros.”

Tarifa branca na conta de luz será ampliada para novos consumidores a partir de janeiro

A partir do dia 1º de janeiro a maior parte dos consumidores de energia em todo o Brasil poderá aderir à chamada tarifa branca, que reduz o preço da luz quando consumida fora do horário de pico.
A medida passa a valer para todas as unidades consumidoras de energia na baixa tensão do país, incluindo residências, comércios, pequenas indústrias. A exceção é para as unidades consumidoras de moradores de baixa renda que têm direito a descontos em suas tarifas, previstos em lei.
A tarifa branca sinaliza aos consumidores a variação do valor da energia conforme o dia e o horário do consumo.
Para Juliana Rios, da CAS Tecnologia, antes de aderir ao sistema de cobrança, é importante o consumidor conhecer seu perfil de consumo. Quanto mais o cliente deslocar seu consumo para o período fora de pico, maiores serão os benefícios desta modalidade. A tarifa branca, porém, não é recomendada se o consumo for maior nos períodos de pico e intermediário e não houver possibilidade de transferência do uso dessa energia elétrica para o período fora de ponta. Nessas situações, o valor da fatura pode subir.
O horário de pico pode variar de uma região para outra e será preciso consultar a concessionária local de energia.
O modelo existe desde 2018, mas no início estava disponível apenas para quem tinha consumo superior a 500 kW/h. Em 2019, em sua segunda fase, foi liberada a quem fazia uso a partir de 250 kW/h. A partir de janeiro 2020, será disponibilizada aos demais consumidores.
Para aderir à tarifa branca, o cliente precisa formalizar a opção na distribuidora a partir de janeiro. A distribuidora instalará, então, um novo tipo de medidor.

Prazo de livre troca para saque-aniversário do FGTS acaba dia 31

A livre possibilidade de o trabalhador trocar de modalidades de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) acabará no fim do ano. Até 31 de dezembro, será possível trocar livremente entre o saque-aniversário, retirada anual de parte do saldo no aniversário do trabalhador, e o saque-rescisão, pago somente em demissão sem justa causa.
A partir de 1º de janeiro, o trabalhador continua podendo aderir ao saque-aniversário. No entanto, quem tiver feito a escolha terá de esperar pelo menos dois anos para voltar ao saque-rescisão.
A adesão ao saque-aniversário está liberada desde 1º de outubro. Para escolher a modalidade, o beneficiário deve entrar na seção “saque-aniversário”, na página do FGTS na internet, ou usar o aplicativo FGTS, disponível para smartphones e tablets dos sistemas Android e iOS e para computadores com o sistema Windows.
Calendário
Ao optar pelo saque-aniversário, o trabalhador deverá escolher a data em que deseja que o valor esteja disponível: 1º ou 10º dia do mês de aniversário. Quem escolher o 10º dia retirará o dinheiro com juros e atualização monetária sobre o mês do saque. Em 2020, o saque-aniversário será de abril a junho para os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro, de maio a junho para os nascidos em março e abril e de junho a agosto para os nascidos em maio e junho.
Aplicativo FGTS
A partir de agosto, a retirada ocorrerá no mês de aniversário até dois meses depois. De 2021 em diante, as retiradas sempre ocorrerão no mês de nascimento do trabalhador, até dois meses depois. Caso o beneficiário não faça o saque no período permitido, o dinheiro volta para a conta do FGTS.
Valores
O trabalhador que aderir ao saque-aniversário poderá sacar um percentual do saldo de todas as contas do FGTS, ativas e inativas, em seu nome. Além do percentual, ele receberá um adicional fixo, conforme o saldo da conta. O valor a ser sacado varia de 50% do saldo sem parcela adicional para contas de até R$ 500 a 5% do saldo e adicional de R$ 2,9 mil para contas com mais de R$ 20 mil.
Em troca de retirar uma parcela do FGTS a cada ano, o trabalhador deixará de receber o valor depositado pela empresa caso seja demitido sem justa causa. O pagamento da multa de 40% nessas situações está mantido. As demais possibilidades de saque do FGTS – como compra de imóveis, aposentadoria e doenças graves – não são afetadas pelo saque-aniversário.
Saque imediato
O saque-aniversário não está relacionado ao saque imediato, que prevê a retirada de até R$ 998 do FGTS de todas as contas ativas e inativas. Quem não retirou o dinheiro nessa modalidade ao longo dos últimos meses ainda poderá fazer o saque até 31 de março. Depois disso, o dinheiro retornará para a conta do FGTS. (Via: Agência Brasil)

Confira o calendário de pagamento do IPVA 2020 em Pernambuco

Foi divulgado, pelo governo do Estado, o calendário de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no ano de 2020, nesta terça-feira (24). No ano, o imposto terá redução média de 3,47% em 2020, em relação a 2019. Os carnês para efetuação do pagamento serão enviados pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) a partir de janeiro ou poderão ser acessados no site do órgão.
O percentual é calculado conforme a variação de preços de mercado estipulada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), entre setembro e outubro de 2018 e setembro e outubro de 2019, além da composição da frota de veículos tributáveis de Pernambuco em setembro de 2019. No caso dos automóveis, foi registrada uma queda de 3,99%, enquanto que os ônibus/micro-ônibus tiveram uma depreciação de 4,15%.
O governo informou que os contribuintes que optarem pelo pagamento em cota única, em fevereiro, terão um desconto de 7%. Já os que decidirem pelo parcelamento em até três cotas irão pagar a primeira prestação também em fevereiro e quitar o IPVA nos meses subsequentes, com a última parcela em abril. As datas de vencimento variam de acordo com o número final da placa dos veículos.
Confira a tabela
Data de pagamento por placa
Placas com final 1 e 2
Para veículos com placas que terminam com os números 1 e 2, o limite de pagamento da cota única é até 7 de fevereiro de 2020. Quem desejar parcelar, a 1º cota fica também no dia 7; a 2º fica 6 de março de 2020 e a 3º no dia 7 de abril.
Final 3 e 4
Para veículos com placas com final 3 e 4, o pagamento da cota única ficou estabelecido no dia 11 de fevereiro de 2020. Parcelado, a 1º cota fica no dia 11 de fevereiro; a 2º cota para o dia 10 de março e a 3º para 14 de abril.
Final 5 e 6
Os veículos com placa final em 5 e 6 o prazo para o pagamento da cota única fica no dia 14 de fevereiro. Parcelado, a 1º cota também deverá ser feita no dia 14; 2º cota, em 13 de março e 3º cota em 17 de abril.
Final 7 e 8
Já os veículos com placa final em 7 e 8, o prazo para taxa única é dia 19 de fevereiro. A 1º cota fica para o dia 19; 2º cota para 18 de março e a 3º cota para o dia 23 de abril.
Final 9 e 0
O pagamento da cota única, para os veículos com placa final 9 e 0, deverá ser feito no dia 28 de fevereiro. A 1º cota para o mesmo dia, 28; a 2º cota para o dia 25 de março e o terceiro para o dia 30 de abril.
Quem não pagar IPVA pode ficar com nome sujo
No início do ano, o governo Estadual passou a notificar motoristas que devem mais de R$ 400, entre os anos de 2015 e 2018, de Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O não pagamento dessa tarifa pode levar o proprietário do veículo a ficar com o nome negativado no Serasa. A Secretaria Estadual da Fazenda está enviando cartas para mais de 160 mil devedores.

Triunfo está com 92% de ocupação de seus hotéis e pousadas para este final de ano

O Turismo de Pernambuco comemora neste final de ano o crescimento da ocupação hoteleira nas festas de Natal e Réveillon, em comparação ao mesmo período de 2018. Os bons números vêm dos visitantes interessados em curtir as festas de fim de ano no calor do verão nordestino. Dados levantados pelo Setor de Estudos e Pesquisas da Empetur apontam crescimento na ocupação da rede hoteleira do Estado para o Natal e Réveillon em comparação com o mesmo período de 2018. Para a virada do ano, a expectativa é de que a média no Estado atinja a marca de 95% para o Réveillon.
Entre os destinos que se sobressaem para a hora da virada estão Fernando de Noronha, que apresenta índice acima dos 98% e permanência média de 6,3 dias, e a capital pernambucana, com média de 91%, com média de permanência de 2,3 dias.
Para o feriado de Natal, a taxa média de ocupação foi de 85%, o que representou cerca de 5% superior ao ano passado em Pernambuco. Neste cenário o destaque foi para o município de Triunfo, no Sertão, com 92% de ocupação de seus hotéis e pousadas. O dado ajuda a reforçar a posição do município como um dos importantes destinos turísticos da região. Neste Natal, Triunfo promove uma programação especial gratuita, como shows e espetáculos, que segue até o próximo dia 6, sob o mote de Janelas de Triunfo.
“O turismo de Pernambuco encerra 2019 de maneira otimista, com números melhores do que em 2018, e já projetando um início positivo para 2020. Os esforços serão cada vez maiores para fazer o setor ainda mais produtivo para o Estado”, destaca o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

Beneficiários do Bolsa-Família têm até 30 de dezembro para fazer o acompanhamento obrigatório de saúde

Os cerca de 118 mil beneficiários do Bolsa-Família que moram em Salvador e ainda não compareçam a um dos 140 postos da rede básica da capital baiana para o acompanhamento obrigatório de saúde, têm até a próxima segunda-feira (30) para regularizar a situação. De acordo com a legislação, o não cumprimento das condicionalidades pode gerar desde advertências até o bloqueio ou a suspensão do recebimento do benefício.
De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), apenas 52% dos 229 mil beneficiários que residem no município compareceram às unidades até o momento.
"Esses são os últimos dias para os beneficiários comparecerem aos postos e evitarem maiores transtornos. Vale lembrar que de acordo com a legislação, o não cumprimento das condicionalidades prevê efeitos que vão desde advertências aos beneficiários até o bloqueio ou a suspensão do recebimento do benefício", explica Kênya Lima, técnica da Atenção Básica.
Devem comparecer aos postos, as famílias que possuem dentre seus dependentes, crianças menores de sete anos, mulheres em idade fértil (14 e 44 anos) e gestantes de qualquer idade. Os beneficiários devem levar o cartão do Bolsa Família onde consta o Número de Identificação Social (NIS), a caderneta de vacinação das crianças e a caderneta do pré-natal das gestantes.

Vírus que mata todo tipo de câncer começa a ser testado em humanos

A Austrália vai começar a testar em humanos um vírus que pode matar todo tipo de câncer.
Curiosamente, trata-se de um vírus conhecido, o da varíola bovina, extinto há mais de 200 anos.
A empresa de biotecnologia australiana Imugene, que licenciou a inovação, projetou o novo vírus. Chamado CF33, ele reduziu tumores com sucesso em testes com camundongos e no início de 2020 será testado em pacientes com câncer de mama, melanoma, câncer de pulmão, bexiga, câncer de estômago e intestino.
Vírus inofensivo
O professor Yuman Fong, especialista dos EUA que projetou o vírus, disse que a varíola bovina é inofensiva em humanos e a misturou com vários outros vírus que os testes mostraram que poderiam matar o câncer.
O tratamento inovador fará com que os pacientes injetem o vírus diretamente em seus tumores, onde é esperado que infectem as células cancerígenas e as explodam.
Espera-se que o vírus alerte o sistema imunológico de que existem células cancerígenas no corpo e o levará a procurar e matar outras células doentes.
Os testes
Yuman Fong está na Austrália nesta semana para conhecer representantes da Imugene e planejar os ensaios clínicos.
Fong projetou o vírus no Hospital City of Hope, em Duarte, Califórnia, EUA.
O chamado “estudo da cesta”, que será realizado na Austrália e em outros países, vai registrar pacientes com câncer de mama triplo negativo, melanoma, câncer de pulmão, bexiga, câncer de estômago e intestino.
Os pesquisadores acreditam que isso mostrará onde o tratamento é mais eficaz mais rápido do que apenas testar em um tipo de câncer.
O professor Fong está esperançoso porque uma outros vírus mais específicos para matar o câncer já estão se mostrando eficazes no combate ao câncer em humanos.
Tipos de virus
Cientistas americanos transformaram o vírus que causa o resfriado comum em um tratamento para matar o câncer no cérebro – em alguns pacientes o câncer desapareceu por anos antes de retornar, em outros ele encolheu consideravelmente os tumores.
Uma forma modificada do vírus do herpes, ou herpes labial chamada Imlygic ou T-Vec, está sendo usada para tratar o melanoma.
Ela ajuda o sistema imunológico do corpo a reconhecer e destruir tumores e, em seguida, encontra outras células de melanoma por todo o corpo e as mata.
Imunoterapia
O professor associado do pesquisador australiano Tom John, do Instituto de Pesquisa de Câncer Olivia Newton John, testou recentemente outro tratamento contra vírus em combinação com a imunoterapia Keytruda em 11 pacientes com câncer de pulmão e 3 pacientes viram seus tumores reduzirem de tamanho.
“Houve evidências de que os vírus poderiam matar o câncer a partir do início dos anos 1900, quando as pessoas vacinadas contra a raiva tiveram seu câncer desaparecido e entraram em remissão”, disse o professor Fong.
Pesquisas anteriores usando vírus para matar câncer falharam porque os vírus usados eram muito tóxicos; outros tratamentos só conseguem lidar com câncer em células específicas, como pele ou tecido hepático.
“O problema era que, se você tornava o vírus tóxico o suficiente para matar o câncer, estava preocupado que também matasse o homem”, concluiu ele.
Por: Só Notícia Boa

Verão deve trazer chuvas ao Sertão, diz APAC

O verão, que começou oficialmente à 1h19 da madrugada deste domingo (21) em Pernambuco, deve trazer temperaturas mais altas ao Estado e, no Sertão pernambucano, o maior índice de chuvas do ano. As informações são da Agência Pernambucana de Águas, a Apac.
De acordo com a agência, a média das temperaturas máximas em Pernambuco no trimestre dezembro, janeiro e fevereiro giram em torno de 34º no Sertão e 32° no Agreste, na Zona da Mata e na Região Metropolitana do Recife (RMR).
O verão também costuma ter os maiores índices pluviométricos no Sertão. Segundo a Apac, a média no Sertão de Pernambuco é de 360 mm (milímetros) e de 330 mm no Sertão do São Francisco. No Agreste, a média é de 217 mm. Já na Zona da Mata, 315 mm, e no Litoral, 490 mm aproximadamente. Para se ter uma ideia, as chuvas na primavera, estação que antecede o verão, costumam ser de, em média, 45 mm no Sertão.
Além de ser a estação mais quente do ano, o verão – que vai até as 3h50 da madrugada de 20 de março – é conhecido por ter dias mais longos.
No entanto, a Apac afirma que, em Pernambuco, o aumento das horas do dia é pouco perceptível devido à localização do Estado.
Posicionado em uma região tropical e perto da Linha do Equador, a incidência dos raios solares em Pernambuco deve manter uma proporção constante, o que implica em uma variação pequena (de poucos minutos) no tamanho do dia.

Paulo Câmara promete mais mudanças na Previdência de Pernambuco

O governador Paulo Câmara (PSB) afirmou, nesta segunda-feira (23), durante debate na Rádio Jornal, que deve propor mudanças mais profundas na Previdência estadual, com ou sem a aprovação no Congresso da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) paralela que versa sobre o tema.
"Nós vamos discutir isso (mudanças previdenciárias) de maneira muito responsável, vamos colocar todos os números na mesa e fazer aquilo que for possível numa pactuação não apenas de curto, mas de médio e longo prazo. Se isso ocorrer com a aprovação da PEC paralela, o trâmite é facilitado, se não, a discussão vai ser feita do mesmo jeito", declarou o governador.
Neste mês de dezembro, um projeto de lei complementar do Executivo aprovado pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) garantiu algumas modificações no sistema de aposentadorias e pensões dos servidores estaduais a partir de agosto de 2020, como o aumento da alíquota de 13,5% para 14%, por exemplo. Com um déficit previdenciário fechando 2019 em R$ 2,8 bilhões, no entanto, Paulo avalia que sejam necessários outros ajustes para que as contas do Estado voltem para o azul.
"Esse é um debate que Pernambuco vai precisar fazer junto aos servidores públicos, junto às mesas de negociação que nós temos instaladas permanentemente. Esse ano Pernambuco deve gastar aportes adicionais na nossa Previdência em torno de R$ 2,8 bilhões, é um valor expressivo que precisa de muita discussão e muito debate daqui pra frente", comentou o socialista.
PSB
Ao ser questionado se estaria contrariando o posicionamento do PSB, do qual é vice-presidente nacional, Paulo Câmara disse que o partido colocou-se contra a reforma da Previdência proposta pelo governo Jair Bolsonaro (sem partido) porque, segundo ele, o texto penalizaria os mais pobres.
"Temos que diferenciar a reforma do governo federal. Se mexeu nos dois regimes. O meu partido fez críticas à reforma do Regime Geral, responsável por 80% da economia e só pegou quem ganha até um salário mínimo e meio. O lado mais frágil está pagando", avaliou. (Via: Jc Online)

Para evitar brigas, 51% desistiram de comentário de política no WhatsApp, diz Datafolha

O ano de 2019 não foi fácil para falar de política nos grupos de WhatsApp. Segundo o Datafolha, 51% dos brasileiros que usam a rede social desistiram de fazer um comentário ou compartilhar algum conteúdo sobre política para evitar brigas com a família ou com os amigos.
Em tempos de polarização, a autocensura é maior entre funcionários públicos (61%) e pessoas com ensino superior (59%). As donas de casa, por sua vez, se importam menos: 60% não deixaram de falar por medo de desentendimentos.
No geral, uma em cada quatro (27%) pessoas saiu de algum grupo para não discutir, e 19% deixaram de seguir ou bloquearam o perfil de um amigo, familiar ou mesmo de uma empresa por discordar de suas posições políticas.
O Datafolha entrevistou 2.948 pessoas nos últimos dias 5 e 6, em 176 cidades de todo o país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. As respostas citadas acima se referem a comportamentos adotados nos últimos 12 meses, ou seja, de dezembro de 2018 a dezembro de 2019, entre quem tem conta em redes sociais.
Quanto à função das redes sociais, 77% do total de entrevistados acreditam que elas ajudam a dar voz a grupos normalmente preteridos pela sociedade. Essa percepção é maior entre os mais ricos (80% entre quem ganha mais de dez salários mínimos), os mais jovens (86% entre quem tem de 16 a 24 anos) e os que têm ensino superior (90%).
Outros grupos são um pouco menos otimistas: o percentual cai para 64% entre quem só cursou o ensino fundamental e para 62% entre os que têm 60 anos ou mais.
Para metade dos brasileiros, as novas mídias têm papel relevante no cenário político: 54% acham que são importantes meios para fazer com que os políticos estejam atentos às discussões sociais, e 48% acreditam que são importantes para criar movimentos que podem agir diretamente na sociedade.
Para 43%, elas ajudam a influenciar a decisão de políticos. Esse índice sobre para 53% entre quem tem o PSL como partido de preferência.
A legenda pela qual o presidente Jair Bolsonaro foi eleito é célebre pela atuação de seus membros nas redes. Na Câmara, deputados do PSL ficaram conhecidos como “bancada da selfie” por fazerem vídeos para seus seguidores durante as votações.
Há alguns meses, a sigla vive um racha interno: de um lado, aliados ao presidente do PSL, Luciano Bivar (deputado por Pernambuco), e, de outro, apoiadores de Bolsonaro, que deixou a legenda e pretende criar a Aliança pelo Brasil.
Nesse cenário, figuras como os deputados Eduardo Bolsonaro e Joice Hasselmann, ambos eleitos por São Paulo, protagonizaram trocas de insultos no Twitter e no Facebook.
Para 69% dos brasileiros, as redes distraem as pessoas daquilo que realmente importa.
Outros 59% dizem que elas não são boas fontes de notícia: acham que servem mais para divulgar notícias falsas do que para informar. Essa opinião é mais frequente entre quem votou no petista Fernando Haddad (62%) ou branco/nulo (64%) do que entre quem votou em Bolsonaro (57%) no segundo turno de 2018.
18% DIZEM SEGUIR BOLSONARO NAS REDES SOCIAIS
Dezoito por cento dos entrevistados afirmaram que seguem a conta do presidente Jair Bolsonaro em alguma rede social. O percentual cresce para 27% entre quem tem preferência pelo PSL e para 31% entre quem ganha mais de dez salários mínimos.
Esse é também o perfil de quem mais aprova o governo. A gestão é avaliada como ótima ou boa por 30%, mas o índice ultrapassa os 40% nos setores citados.
Bolsonaro é mais popular no Facebook, onde tem mais de 11 milhões de seguidores. É nessa rede que o presidente faz suas lives semanais, sempre às quintas-feiras.
Em 2019, de acordo com levantamento feito pela Folha, foram 12 horas e 30 minutos de transmissões, que têm duração próxima a 20 minutos cada.
No Instagram, Bolsonaro tem 14,6 milhões de seguidores e, no Twitter, 5,6 milhões.
De acordo com o Datafolha, a rede social mais popular no país é o WhatsApp, onde 71% têm conta. Em seguida vêm Facebook (60%), Instagram (42%) e Twitter (14%).
COMO LIDAR COM DISCUSSÃO DE POLÍTICA NO WHATSAPP DA FAMÍLIA?
Veja dicas gerais de especialistas, mas lembre-se de que cada caso é diferente
Discutir política no grupo de WhatsApp da família, sim ou não? Sim, se as partes conseguirem trocar ideias com respeito, sem querer impor a sua opinião e sem fazer provocações. Isso se houver a possibilidade de a conversa ser produtiva e valer a pena.
Não, se as partes têm tendência a brigar, não aceitam o que o outro pensa e querem apenas convencer o familiar de que ele está errado. Melhor não abordar esse assunto e tratar de outros temas no grupo.
Política no WhatsApp da família deve ser banida para sempre? Não conversar sobre política é ruim; não se resolve nada ao evitar problemas. Pior ainda, porém, é brigar. Se não tiver autocontrole, melhor banir o assunto.
O ideal, contudo, é manter a conversa aberta. Se fechamos o canal, nunca corrigimos nossos erros e as nossas limitações em entender o outro.
Mas atenção: a comunicação virtual não é necessariamente boa. Ela elimina outros elementos como gestos, expressão facial, distância física e é fragmentada. Tende a reforçar o que já pensamos sobre a outra pessoa.
Como discutir política no WhatsApp da família?
Tenha calma
Não faça comentários depreciativos ou irônicos
Não menospreze o outro
Valorize a pessoa e suas ideias, mesmo discordando delas
Lembre que você não está apenas respondendo a ideias, está respondendo a uma pessoa
Considere os argumentos do outro lado
Fale sobre você, como você se sente a respeito do assunto e por quê
Cuidado com as palavras
Como manter a calma e não ofender familiares que pensam diferente?
Imagine que você está no trabalho, na frente de seu chefe, e ele fala algo de que você não goste. Você vai se segurar. Então faça isso em todos os lugares
Respire e conte até dez (ou até cem). Só responda se estiver calmo
Releia o que escreveu antes de enviar
O que fazer se a briga já aconteceu? O ideal é prevenir a briga, que pode ameaçar a qualidade do relacionamento e causar danos de longo prazo. Mas se ela já ocorreu, é bom pedir desculpas e reconhecer excessos. As partes podem buscar orientação profissional para resolver esse problema
Romper com a família é uma opção? Sim, se não há condições de estar bem com o outro. Mas é preciso se perguntar o que de tão terrível o outro lado tem que você jamais pode aceitar, porque há muita gente do outro lado. Será que é o caso de rejeitá-las?
Sair do grupo é uma solução simplista. Excluir relações de família é difícil por conta de vínculos passados. Buscar ajuda profissional é sempre bom. (Via: Folhapress)

Com a volta dos radares móveis, PRF testa item com maior alcance

Os radares móveis e portáteis voltaram a ser usados na fiscalização do trânsito na segunda-feira (23) em rodovias federais. A fiscalização, que estava suspensa desde 15 de agosto por ordem do presidente da República, Jair Bolsonaro, foi retomada por determinação da Justiça.
Dados da Polícia Rodoviária Federal mostram que as mortes nas estradas aumentaram após a retirada dos radares. Com o retorno da operação, motoristas flagrados em excesso de velocidade estão sendo multados, segundo a PRF.
O jornal O Estado de S. Paulo apurou que a volta dos radares móveis às rodovias federais não ocorreu de forma automática. No Paraná, a fiscalização recomeçou na sexta-feira. No Rio Grande do Sul, os radares voltaram com mais tecnologia.
Objetivo
A PRF testa 11 equipamentos com alcance de mais de mil metros com imagens em alta definição. Segundo a corporação, o objetivo é flagrar motoristas que abusam da velocidade e pisam no freio quando se aproximam do radar. Os equipamentos estão em uso nas BR-210, BR-285 e BR-116. A retirada dos radares móveis havia deixado 16 Estados, que não têm radares fixos, sem fiscalização do excesso de velocidade. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Governo publica indulto natalino de Bolsonaro; entenda, ponto a ponto

O governo publicou na edição desta terça-feira (24), véspera de Natal, o indulto que beneficiará agentes de segurança pública condenados por excessos culposos, ou seja, aqueles que a Justiça entendeu que foram cometidos sem intenção dolosa.
Entenda o ponto a ponto do decreto, que foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Justiça, Sergio Moro.
Doenças:
Decreto: "Será concedido indulto natalino às pessoas nacionais ou estrangeiras condenadas que, até 25 de dezembro de 2019, tenham sido acometidas por paraplegia, tetraplegia ou cegueira, adquirida posteriormente à prática do delito ou dele consequente, (...) por doença grave permanente, que, simultaneamente, imponha severa limitação de atividade e exija cuidados contínuos que não possam ser prestados no estabelecimento penal, (...) por doença grave, como neoplasia maligna ou Aids, em estágio terminal.
Contexto: Em seu primeiro indulto concedido, no início de 2019, o governo Bolsonaro já havia dado perdão a presos com doenças graves
Agentes de Segurança:
Decreto: "Será concedido indulto natalino também aos agentes públicos que compõem o sistema nacional de segurança pública (que), até 25 de dezembro de 2019, no exercício da sua função ou em decorrência dela, tenham sido condenados por crime na hipótese de excesso culposo (...) ou por crimes culposos e tenham cumprido um sexto da pena [esse prazo é reduzido à metade em caso de condenado primário]".
Contexto: Compõem o sistema nacional de segurança pública policiais federais, rodoviários federais, civis, militares, bombeiros militares, guardas municipais, agentes penitenciários, integrantes de institutos de criminalística e medicina legal, agentes de trânsito e guardas portuários, entre outros.
Decreto: "Aplica-se o [indulto] aos agentes (...) que tenham sido condenados por ato cometido, mesmo que fora do serviço, em face de risco decorrente da sua condição funcional ou em razão do seu dever de agir.
Militares
Decreto: "Será concedido indulto natalino aos militares das Forças Armadas, em operações de Garantia da Lei e da Ordem (...) que tenham sido condenados por crime na hipótese de excesso culposo.
Contexto: As chamadas GLOs (Operações de Garantia da Lei e da Ordem) têm sido usadas, geralmente, em situações críticas de segurança pública. Elas dão aos militares, pelo período da operação, a faculdade de atuar com poder de polícia. A operação foi usada, por exemplo, no Rio de Janeiro até dezembro do ano passado.
Exceções:
Decreto: "O indulto natalino concedido nos termos do disposto neste Decreto não abrange os crimes considerados hediondos ou a eles equiparados".
Contexto: Também não serão perdoados as condenações oriundas de tortura, de organização criminosa, terrorismo, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, estupro, assédio sexual, corrupção de menores, pornografia infantil, peculato (desvio de dinheiro público por parte de servidor), concussão (exigência de vantagem indevida por parte de servidor), corrupção passiva e ativa, facilitação de contrabando, prevaricação e tráfico de influência, entre outros. O indulto também não será dado às pessoas que tenham sofrido sanção do juiz por infração disciplinar de natureza grave nos últimos doze meses ou que tenham sido incluídas no regime disciplinar diferenciado em qualquer momento do cumprimento da pena. Outros que ficam de fora são os que descumpriram as condições da prisão albergue domiciliar, com ou sem monitoração eletrônica, ou para o livramento condicional.
Decreto: "O indulto natalino de que trata este Decreto é cabível ainda que: (...) IV - a pessoa condenada seja ré em outro processo criminal, mesmo que o objeto seja um dos crimes a que se refere o art. 4º e não tenha sido expedida a guia de recolhimento."
Contexto: Essa norma constava de indultos anteriores, como o assinado por Michel Temer (MDB) em 2017. Com isso, policiais condenados por crimes culposos terão perdão dessa pena mesmo que respondam a ações por qualquer um dos tipos de crimes descritos nas exceções, como os hediondos, tortura, estupro etc., e desde que não tenham sido contra eles expedida a guia de recolhimento à prisão.
Decreto: "Na hipótese de haver concurso com as infrações descritas no art. 4º [as exceções], não será concedido indulto natalino correspondente ao crime não impeditivo enquanto a pessoa condenada não cumprir a pena pelo crime impeditivo do benefício."
Contexto: Assim que cumprir a pena relativa aos crimes não objeto de indulto, o preso poderá ser perdoado pelo crime culposo.
Decisão
Decreto: "O juízo competente proferirá decisão para conceder, ou não, o indulto natalino, ouvidos o Ministério Público e a defesa do beneficiário. A declaração de indulto natalino terá preferência sobre a decisão de qualquer outro incidente no curso da execução penal, exceto quanto a medidas urgentes." (Via: Agência Brasil)

Mensagem da gestão municipal marcou Missa Solene pelos 56 Anos de Iguaracy.

As comemorações alusivas aos 56 Anos de Emancipação Política de Iguaracy, também tiveram seu momento de louvor, devoção e fé, tradição do povo Iguaraciense. A cerimônia realizada na Igreja Matriz de São Sebastião e presidida pelo padre Antônio Rogério Veríssimo, contou com a presença de autoridades políticas municipais como o prefeito Zeinha Torres ao lado de sua esposa Mary Delanea, o vice-prefeito Dr. Pedro Alves ao lado de sua esposa Dra Graças Valadares, secretários municipais e vereadores. Durante a celebração aconteceram momentos de louvor, reflexões e agradecimentos a Deus, pelas comemorações de mais um aniversario da cidade de Iguaracy.
O momento que mais marcou a cerimônia, foi quando a senhora Lígia Torres, que é secretária de Finanças do município, proferiu com muita maestria uma mensagem do Governo Municipal parabenizando Iguaracy pelos 56 Anos de sua independência política. Confira:
...............
chegamos aos 56 anos. Mas a nossa história começa bem antes, quando era apenas um vilarejo, que virou povoado e logo se transformou em cidade.
Iguaracy... Terra de um povo trabalhador. Aqui cada um tem seus sonhos, seus amores, seu canto, cada um tem o seu lugar, seu papel. Aqui, somos todos iguais em nossas diferenças e é com o pouco de cada um que a cidade se forma, evolui, se transforma, torna-se a casa da gente, nosso abrigo, nosso orgulho, nosso lugar de viver.
Aqui várias personalidades políticas que geriram nossa cidade, fizeram e fazem história. Hoje cabe a administração do Prefeito José Torres Lopes filhos, a honra de quê comemorar os 56 anos de emancipação política de Iguaracy. No dia a dia estamos amadurecendo nossas habilidades, lapidando nosso crescimento profissional. Buscando acertar, servir melhor. Iguaracy merece que lutemos por ela, pela saúde, educação, segurança, transportes, pela infraestrutura, pela ação social, pelo emprego e renda. Mais entusiasmo, esperança e satisfação pessoal, tanto para os homens do campo, como da cidade. Tudo isso, ainda é pouco para quem merece muito mais.
Que neste 20 de dezembro, cada munícipe seja um ponto de apoio nesta construção diária, com valores sólidos, que ajude preparar as crianças e jovens, neste processo contínuo de transformação. Semear ações e colher conquistas, buscando no presente ou futuro! Desejamos que as nossas conquistas sejam sempre crescentes, demonstrando que somos nós que fazemos o amanhã e que nossa perseverança é a luz que ilumina o caminho rumo a uma cidade mais justa.
Parabéns a todos que diariamente cumprem sua missão, contribuindo assim com o desenvolvimento do município, buscando sempre novos projetos e aceitando o desafio e fazer mais e melhor, não desistindo e não perdendo de vista de vista a esperança. Não existem fronteiras ou limites para alcançarmos nossos objetivos. Nossa cidade precisa de cada cidadão, sonhando e fazendo sua parte para que ela se transforme na terra das oportunidades para todos. Nossos esforços são para melhorá-la, elevando a autoestima dos Iguaracienses, respeitando sua biografia e história.
Em especial, seguimos dispostos a servir ao lado daqueles que acalentam sonhos e desejam construir, com muita garra, um futuro melhor para nós e para as futuras gerações.
...............
Com esta mensagem muito bem colocada por refletir o espírito da gestão "um novo tempo, uma nova história",  nós que ajudamos a fazer a assessoria de comunicação da gestão do prefeito Zeinha Torres, encerramos as matérias alusivas ao aniversário da cidade.
Confira imagens da Missa solene: