Por apoiar Bolsonaro, Gabriel Diniz teve morte comemorada

Após a morte do cantor Gabriel Diniz, usuários do Twitter utilizaram a rede social para denunciar o comportamento de algumas pessoas. Na plataforma, indivíduos contrários ao atual governo estariam comemorando a morte do artista por ele ser eleitor de Jair Bolsonaro.
A atitude gerou a revolta de uma grande parcela de pessoas no Twitter, que pediram mais empatia e criticaram as declarações de comemoração pela “morte de um bolsominion”.
Gabriel morreu após a queda do avião bimotor em que viajava, nesta segunda-feira (27), no litoral sul do Sergipe. O artista ficou conhecido no último carnaval pela música Jenifer. Ele havia se apresentado na cidade de Feira de Santana, na Bahia, na noite deste domingo (26). Ele tinha 28 anos e iria fazer uma surpresa para sua noiva, a psicóloga Karoline Calheiros.
De acordo com a Polícia Militar do Sergipe, os outros dois mortos no acidente são Linaldo Xavier e Abraão Farias, pilotos e diretores do Aeroclube de Alagoas.