https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

Auxílio de R$ 600: governo libera cadastro de mães adolescentes nesta segunda-feira

Mães adolescentes poderão solicitar, a partir desta segunda-feira (1º), o auxílio emergencial de R$ 600 no aplicativo ou no site da Caixa Econômica Federal. As meninas estão há mais de três meses sem receber o benefício, a contar da data do anúncio, por terem menos de 18 anos – o que as impossibilita até mesmo de fazer o cadastro.
Após o projeto de lei ser aprovado no Senado, o governo federal sancionou o auxílio de R$ 600 para elas, mas não havia disponibilizado até então a opção de cadastramento.
Em nota, a Caixa informa que para se cadastrar no aplicativo é preciso fazer o download da nova versão a partir desta segunda-feira.
Mesmo que a mãe menor de idade seja beneficiária do programa Bolsa Família ou esteja inscrita no Cadastro Único (CadÚnico), é necessário se registrar no aplicativo ou site.
Apesar de atualizar o aplicativo, a análise não é feita pela Caixa Econômica, mas pela Dataprev, responsável por verificar se o cidadão cumpre todas as exigências previstas na lei.
Pagamento
O presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, anunciou que novas datas do pagamento do auxílio serão avisadas “dentro de duas semanas”.
Guimarães disse que vai “ter mais alguns milhões de brasileiros” que estão sendo analisados, ou reanalisados, pela Dataprev e o Ministério da Cidadania.
Hoje, esse número é de 10,4 milhões de pessoas com cadastro em análise, segundo dados da própria instituição. Mas a cifra deve aumentar mais ainda por causa do cadastro das mães adolescentes.
O novo calendário é determinado pelo Ministério da Cidadania em conjunto com a Dataprev. A Caixa Econômica é responsável apenas pelo pagamento.