Validade da carteira do idoso é prorrogada até julho de 2021

Documento possibilita o acesso a vagas gratuitas e desconto de, no mínimo, 50% no valor das passagens interestaduais

O governo federal prorrogou até julho de 2021 a validade das carteiras do idoso impressas. O documento possibilita o acesso a vagas gratuitas e desconto de, no mínimo, 50% no valor das passagens interestaduais para pessoas com mais de 60 anos com renda igual ou inferior a dois salários mínimos.
Segundo resolução do Ministério da Cidadania, as carteiras serão emitidas com numeração nacional por meio do endereço eletrônico: https://carteiraidoso.cidadania.gov.br, no formato digital ou impresso. Um dos pré-requisitos para emissão da carteira é o cadastro da pessoa idosa no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – Cadastro Único.