Promotor Lúcio Luiz é pela liberação das fogueiras na zona rural durante o período junino

O promotor de Justiça, Lúcio Luiz de Almeida Neto, defendeu na manhã desta terça (8), que as fogueiras durante o período junino na região sigam o mesmo modelo do ano passado (2020), onde puderam ser acesas na zona rural.
De acordo com o promotor, uma reunião entre o MPPE e o prefeito do município acontecerá para fechar os detalhes, tanto no tocante ao acendimento das fogueiras, bem como sobre a suspensão das aulas da rede estadual, já que as do municípios continuam suspensas no modo presencial.
(Afogados Online)