URGENTE: Polícia Civil de PE prende autor do crime da menina Beatriz em Petrolina, no Sertão

Polícia divulga foto do acusado de assassinar Beatriz: Ele confessou assassinato de criança com 42 facadas.

A Polícia Civil de Pernambuco conseguiu encontrar o autor do crime da menina Beatriz, que foi assassinada dentro de uma escola na cidade de Petrolina, no Sertão de Pernambuco.
O homem já confessou o crime, porém, a polícia só vai apresentar os detalhes do caso na quarta-feira (12) na sede da Secretaria de Defesa Social.

O DNA encontrado na faca, segundo o laudo pericial, é de Marcelo da Silva de 40 anos, que está preso por outros crimes. Nesta quarta-feira (12), a Polícia Civil divulgará mais informações.

Nota oficial
A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, por meio do trabalho conjunto das forças estaduais de segurança pública, chegou, hoje, ao autor do assassinato da menina Beatriz Angélica Mota, ocorrido em 2015, em Petrolina. Por determinação do governador Paulo Câmara, a Força Tarefa – criada em 2019 para investigar o caso foi mantida mobilizada até a elucidação deste crime. A equipe revisitou todo o inquérito e realizou novas diligências.
A identificação do suspeito se deu por meio de análises do banco de perfis genéticos do Instituto de Genética Forense Eduardo Campos, realizadas no dia de hoje, que identificou o DNA recolhido na faca utilizada no crime. Em confrontação de perfis genéticos do banco, chegou-se ao DNA do suspeito, que se encontra preso por outros delitos em uma unidade prisional do Estado. Ao ser ouvido pelos delegados da Força Tarefa, confessou o assassinato e foi indiciado.
Outras informações serão fornecidas na coletiva que será realizada, amanhã às 9h, no auditório da SDS, com representantes da Polícia Civil, Polícia Científica e Ministério Público de Pernambuco.
Secretaria de Defesa Social de Pernambuco

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232