Diferente do rival negacionista, Lula já vai na 4ª dose da vacina contra a Covid

Diferentemente do rival negacionista, Jair Messias Bolsonaro (PL), que ainda não tomou nem a primeira dose contra a Covid-19, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tomou uma dose de reforço da Jansen no último domingo. O petista afirmou estar “um pouco baqueado” e com o “braço doído”.
Lula, 76 anos, foi vacinado com a 1ª dose da CoronaVac em 13 de março de 2021 em São Bernardo do Campo, em São Paulo. Recebeu a CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. O petista tomou a 2ª dose em 3 de abril de 2021.
Nesta segunda-feira participou de evento na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Na ocasião, o pré-candidato disse que o país vive um “momento difícil”, criticou a perda de direitos trabalhistas e a redução dos salários que, na avaliação dele, começou após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.
O ex-presidente reforçou ainda que o movimento sindical tem a missão de eleger um Congresso com maioria progressista e que defenda as pautas dos trabalhadores.

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232