PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Cada brasileiro conhece pelo menos seis pessoas que estão desempregadas

O número é o maior desde 2010, segundo pesquisa do Ipsos e da Associação Comercial de São Paulo; em setembro de 2015, o indicador estava em quatro pessoas
Nas classes mais baixas e no Sudeste, o número de conhecidos sem emprego passa de sete por pessoa (Reinaldo Canato/VEJA.com)
Cada brasileiro tem contato hoje com mais de seis pessoas que estão desempregadas, entre parentes, amigos e conhecidos. Essa é a maior marca em mais de seis anos, quando a agência de pesquisas Ipsos começou a apurar o Índice Nacional de Confiança do Consumidor (INC) a pedido da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em janeiro de 2010.
O número de conhecidos desempregados passa de sete entre as classes de menor renda, D e E, e na região Sudeste do país, que concentra boa parte da indústria, que foi muito afetada pela crise. “Esse é o índice de desemprego que o próprio cidadão comum faz”, observa o economista da ACSP, Emílio Alfieri. Ele pondera que o resultado é coerente com o número recorde de desempregados que chega a 12 milhões de trabalhadores no país.
Um resultado tão negativo, que supera de longe o de setembro do ano passado, quando cada cidadão conhecia um pouco mais do que quatro desempregados, mantém a insegurança em relação ao emprego em níveis elevados. De acordo com a pesquisa, que ouviu 1.200 pessoas em todas as regiões do país na primeira quinzena do mês passado, 52% deles se declararam inseguros com o seu emprego e de seus familiares comparado com seis meses atrás. Essa é a mesma marca registrada em agosto deste ano.
Compras
A realidade do desemprego entre amigos e conhecidos e o temor de perder o emprego ampliam a cautela nas intenções de compras. Em setembro, 64% dos entrevistados se declararam pouco à vontade em relação a seis meses atrás de levar para casa produtos de valor elevado, como geladeira, fogão ou lavadora, e 69% não estavam dispostos a assumir financiamentos para adquirir casa ou carro.
A cautela nas compras também apareceu no resultado de vendas de setembro na cidade de São Paulo. No mês passado, entre as consultas para vendas a prazo e à vista, o volume de negócios foi 7,8% menor comparado com o de setembro do ano passado.
Apesar da retração, o economista da ACSP pondera que a queda é menor do que a acumulada no primeiro semestre, de 11,1% , e também a acumulada no ano, de 9,9%. “O ritmo de retração das vendas está se reduzindo mês a mês”, observa.
Parte dessa desaceleração ocorre por causa da base de comparação fraca, que é setembro do ano passado. Outra parte ocorre porque, apesar de o cenário atual da economia ainda ser ruim, a confiança do brasileiro está melhorando por conta das expectativas mais favoráveis em relação ao futuro.
No mês passado, o Índice Nacional de Confiança do Consumidor calculado pelo Ipsos e pela ACSP atingiu 74 pontos, com alta de seis pontos em relação a agosto, mas cinco pontos abaixo ante setembro do ano passado. Alfieri ressalta que o indicador varia entre zero e 200 pontos e que abaixo de 100 pontos o terreno ainda é negativo. “Por enquanto o que existe é a expectativa que vai melhorar”, diz o economista.
(Com Estadão Conteúdo)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

O fim da humanidade está próximo, segundo os economistas

A BC Research, uma empresa canadense voltada para a pesquisa financeira, acaba de publicar um documento em que afirma que os riscos de que a humanidade seja extinta antes do ano de 2290 são de 50%.
A probabilidade aumenta até 95% para o ano de 2710. Um dos responsáveis pelo estudo, o economista Peter Berezin, explica que as estatísticas indicam que o rápido desenvolvimento tecnológico estaria levando a Terra à destruição.
O crescimento acelerado da população e a capacidade alarmante de devastação que as armas humanas possuem são grandes fatores de risco. A empresa canadense detalha em seu comunicado: “temos tecnologias que tornam possível a destruição da Terra, mas ainda não criamos uma tecnologia que nos ajude a sobreviver em caso de catástrofe”.
Os economistas advertem que esse tipo de previsão pode ser um desincentivo grave para a área econômica, fazendo com que os investimentos e as taxas de poupança caiam bruscamente.
O premiado cientista Stephen Hawking também alertou recentemente sobre a inviabilidade do plano de desenvolvimento do planeta ao declarar: “os dias na Terra estão contados”.
Fonte: RT

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Velhinha de 102 anos realiza sonho de... ser presa pela polícia

É ou não é fofinha a dona Edie?!? Ela andou no carro da polícia e sentiu-se realizada
Aos 102 anos, Edie Sims ainda tem alguns sonhos que quer realizar antes de morrer. Um deles ela riscou da sua lista na última sexta-feira (30). Essa senhorinha, moradora do Estado do Missouri (EUA), foi presa pela polícia local.
Sim, ela tinha o sonho de andar no carro da polícia, mas como "bandida". Claro que Edie não cometeu nenhum crime de verdade. Na real, a velhinha ganhou uma carona para levar uma série de presentes que ela mesmo fez para um centro de auxílio a idosos na cidade de Saint Louis.
No entanto, pouco antes de entrar no carro, ela pediu para um policial algemá-la. Meio sem jeito, ele colocou as algemas em Edie e a levou até o Five Star Senior Center, onde a senhorinha iria entregar mais de 400 presentes, como cachecóis e bolsas.
"Temos uma velhinha que ajuda outros idosos. Não existe nada melhor do que isso para mim", disse Michael Howard, diretor do Five Star Senior Center, à ABC News.
Edie, que nunca havia andado em um carro de polícia, adorou o passeio e as algemas.
"Siga em frente, nunca pare de fazer trabalho voluntário porque, muitas vezes, você vai ser a única pessoa que irá conversar e se importar com aquele que é alvo de seu trabalho", afirmou Edie. Grande lição de vida, dona Edie!

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Globo lançará filme sobre “Igreja do Diabo”

Comédia Divina mostra Satanás usando emissora de TV para recuperar popularidade
A maior produtora cinematográfica do Brasil, a Globo Filmes, subsidiária da Rede Globo de Televisão, está fazendo uma aposta arriscada. Acostumada aos sucessos de bilheteria de comédias estrelando artistas famosos pelas novelas, seu novo lançamento tenta fazer graça com o diabo.
Dirigido por Toni Venturi, o nome do filme é “A Comédia Divina”, um trocadilho com o famoso livro de Dante Alighieri, sobre uma viagem ao inferno. A premissa do roteiro, segundo o material de divulgação é que o Diabo (Murilo Rosa) está preocupado com sua baixa popularidade.
Por isso, decide abrir sua própria igreja na Terra para conquistar fiéis. Desejando alcançar sucesso rapidamente na empreitada, decide apoderar-se de uma emissora de TV. Entra em cena a repórter Raquel (Monica Iozzi) que deseja entrevistá-lo para uma matéria exclusiva.
Buscando o sucesso, o diabo passar a apresentar um talk show chamado “Satã Night show”. Uma das atrações do programa é “queimar pessoas ao vivo”. Ao mesmo tempo, ensina em sua igreja que tudo que era proibido agora é permitido.
O ser humano é incentivado a realizar todas suas fantasias reprimidas. Por exemplo, a inveja é mostrada como a essência da concorrência e o que faz o mundo girar.
Estranhamente, Deus é representado como uma mulher negra (Zezé Motta)., que só está preocupada com jogos de azar, que usa para driblar o tédio. No trailer, há um diálogo entre ele e Satanás. Falando sobre a humanidade, Deus chama o Diabo de “filho” e explica: “Os homens não são fiéis. Por isso criei o cachorro!”.
O roteiro do longa é baseado no famoso conto de Machado de Assis, “A Igreja do Diabo”, mas se passa nos dias de hoje. Rodado em 2014, sua estreia estava prevista para o final de 2016.
Assista o trailer:

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Em PE, inadimplência cresce 4,1% em um ano, aponta pesquisa

A inadimplência do consumidor pernambucano subiu 4,1% em comparação ao ano passado. O dado foi repassado pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) nessa segunda-feira (03). Ainda de acordo com a pesquisa, a inadimplência também apresentou aumento no Recife: 3,5%, na comparação com 2015.
O indicador de inadimplência é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas. Para o economista Yan Cattani, o Nordeste vem apresentando um comportamento diferente em relação a outras regiões, como o Sudeste. A instabilidade da renda familiar e o alto índice de desemprego são apontados como os principais vilões para essa elevação da inadimplência.
“Percebemos uma vulnerabilidade maior do mercado. 2015 foi um ano difícil e 2016 começou com um patamar negativo. Quanto menor a renda, mais chance de aumentar essa porcentagem. Isso tudo acaba complicando o orçamento em casa”, ponta.
Tendo em vista o comparativo entre os meses de agosto de 2015 e deste ano, o crescimento da inadimplência do recifense é ainda mais gritante: 4,7%. O estado dePernambuco teve 5,6% de elevação.
Em contrapartida, o indicador de recuperação de crédito do consumidor apresenta uma melhora. Obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplência, ele assinalou um crescimento. Em Pernambuco, o acumulado do ano foi de 5,4%, quando no Recife foi de 4,4%. Comparando o mês de agosto, o estado teve um aumento no pagamento de dívidas de 4,6% e o Recife, de 2,8%.
“Pode parecer confuso, mas não. Isso evidencia que há dois perfis diferentes de consumidor no estado. Essa recuperação mostra uma parcela da população que está conseguindo se manter nessa crise, com trabalhos estáveis”, completa Yan Cattani. Ele diz que, em linhas gerais, a expectativa é de uma melhoria do mercado de trabalho em 2017.
“O setor de serviços está muito ruim, mas o esperado é que ele pare de cair até o fim do ano. O setor detém 60% das atividades agregadas, é um importante setor para a economia. Atualmente, temos 12 milhões de desempregados no país. O esperado é que esse número caia para, no mínimo, 11,5 milhões”, conclui. (G1)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Câmara de Vereadores de Iguaracy com apenas um nome sem passado político e um vereador não reeleito.

 
 Tenente de Viana será a única novidade no Legislativo de Iguaracy
Em Iguaracy não houve renovação no legislativo, a eleição não apresentou nenhuma mudança significativa a não ser a entrada do candidato Tenente de Viana que foi eleito pelo PV e integrava a coligação "Juntos somos mais fortes".
 
O único vereador não reeleito em Iguaracy foi Amaury da Ração.
Com a saída de Zeinha que disputou e ganhou para prefeito e a saída de Amaury, as duas cadeiras vagas serão ocupadas pelo novato Tenente de Viana e o veterano Chico Torres de Jabitacá que já tem cinco mandatos como vereador no município.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Eleição em 11 municípios de Pernambuco depende de decisão da Justiça

A eleição municipal de 2016 ainda não acabou em 15 dos 184 municípios de Pernambuco. Quatro deles terão segundo turno: Recife, Olinda, Jaboatão e Caruaru. Em 11 cidades o pleito será decidido nos tribunais: candidatos envolvidos na disputa precisarão passar por avaliação da Justiça Eleitoral, pois tiveram problemas com registros ou estão na mira da Lei da Ficha Limpa, por causa de investigações de improbidade administrativa.
Ipojuca, Amaraji, Bom Conselho, Chã de Alegria, Cortês, Maraial, Santa Filomena, Xexéu, Cabrobó, Belo Jardim e Betânia.
Em Betânia, Mário (PTB) ficou com 100% dos votos válidos e Dr. Eduardo não teve registros, também dependendo de julgamento.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Vereadores não reeleitos em cidades sertanejas

Alguns legisladores não conseguiram êxito na luta pela reeleição, segundo levantamento de Anchieta Santos: em Afogados da Ingazeira: Antonieta Guimarães e Zé Carlos. Em São José do Egito, Maurício do São João e Rômulo Júnior.
Em Tabira, Gil da Borborema, Edmundo Barros e Mário Amaral. Em Carnaíba, Zé Ivan, Everaldo Patriota e Silvonete de Lisboa.
Em Ingazeira, Salete de Santa Rosa. Em Triunfo, Djaci Marques. Em Sertânia, Zequinha dos Correios e Luiz Abel. Em Custódia, Wilson Leandro, Chico Elizeu, Cicinho e Carlos Gonzaga. Em Brejinho, Emanoel Sidney.
Nota do Blog:
Em Iguaracy, o único a perder a reeleição no legislativo foi o vereador Amaury da Ração e com a saída de Zeinha que disputou e ganhou para prefeito, as duas cadeiras vagas serão ocupadas por Tenente de Viana e Chico Torres de Jabitacá.


Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Adutora do Moxotó deve abastecer 325 mil pessoas em 7 cidades de Pernambuco

A "Adutora do Moxotó" deverá fornecer água para cerca de 325 mil pessoas em sete municípios do interior de Pernambuco. De acordo com a Companhia Pernambucana de Saneamento, as cidades beneficiadas serão Arcoverde, Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó e São Bento do Una. A Compesa informou que as obras serão iniciadas na próxima semana e tem previsão de conclusão em 15 meses.
A assessoria da Companhia informou que a obra está orçada em R$ 100 milhões e a primeira etapa foi assinada e "a empresa que venceu a licitação está organizando o canteiro da obra". A obra será dividida em três etapas, iniciando a partir do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco e a implantação de 70 quilômetros de extensão de adutora.
A Compesa disse que as tubulações irão margear a BR-232, entre as Estações de Bombeamento de Água Bruta, no Reservatório do Moxotó, na Transposição do Rio São Francisco, e a Estação de Bombeamento Intermediária, no Cruzeiro do Nordeste, em Sertânia.
O diretor Técnico e de Engenharia da Compesa, Rômulo Aurélio Souza, disse que "a expectativa é que ela [a barragem] comece a receber água do Rio São Francisco até o final deste ano, a partir do avanço das obras do Eixo Leste”, afirma o diretor Técnico e de Engenharia da Compesa , Rômulo Aurélio Souza.
Segundo o diretor, a adutora do Moxotó vai promover a retomada do abastecimento regular de água nessas sete cidades, que ficarão livres do regime de rodízio.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Chuvas deverão ficar dentro da normalidade nos próximos três meses no Sertão de Pernambuco

 
A Reunião de Análise e Previsão Climática ocorreu no INPE/CPTEC em Cachoeira Paulista e simultaneamente, através de vídeo conferência para todos os estados do Brasil. Na reunião foram analisadas as condições da pluviometria ocorrida nos meses anteriores e os campos globais dos oceanos e da atmosfera do mês de agosto e incluindo a primeira quinzena de setembro de 2016, bem como os resultados de modelos numéricos de previsão climática para o trimestre de outubro a dezembro de 2016. De acordo com a configuração da atmosfera e oceano, a previsão é que as chuvas acumuladas no próximo trimestre deverão ficar próximo da média para todas as mesorregiões do estado de Pernambuco.
Os próximos três meses representam o trimestre com menor climatologia para as regiões da RMR, Mata e Agreste. Já no Sertão, em dezembro inicia a pré-estação chuvosa, onde podem ocorrer pancadas de chuvas isoladas. Os acumulados médios para o trimestre são de 144,7 mm para a RMR; 91,3 mm para a Zona da Mata; 63,2 mm para o Agreste e de 82,7 mm no Sertão.
O resfriamento no oceano Pacífico Equatorial permaneceu no decorrer do mês agosto, com anomalias negativas de Temperatura da Superfície do Mar (TSM) entre -0.5°C a -1.5°C, isto indicou uma situação de neutralidade e o final do fenômeno El Niño Oscilação Sul (ENOS). Os modelos numéricos mostram 55% de probabilidade de ocorrência do La Niña até o final de 2016, porém com fraca intensidade, nesse caso as temperaturas do oceano Atlântico é o responsável pela qualidade da estação chuvosa.
A previsão para o trimestre OND de 2016 é que as chuvas ficarão dentro da faixa normal, sendo esse um dos períodos com menor acumulado de chuva no estado. As temperaturas tendem a permanecer elevadas, com alguns dias com umidade relativa do ar abaixo de 20% no Sertão durante o mês de outubro, enquanto que o mês de dezembro já começa a pré-estação chuvosa do Sertão. A APAC emite avisos meteorológicos de baixa umidade do ar neste período, em função dos problemas causados para a saúde, de acordo com a Organização Mundial de Saúde. Portanto, recomendase o acompanhamento diário das previsões do tempo realizadas pela APAC e as emissões de Avisos de Baixa Umidade do Ar para o estado.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Catador eleito vereador na 1ª eleição que disputa

Um catador de recicláveis popular em Assis (SP) foi eleito vereador na primeira vez que disputou a eleição. Nilson Pavão (PMDB) ficou em terceiro lugar, com 1.275 votos, neste domingo (02). E um dia depois das eleições municipais, ele já estava nas ruas trabalhando como faz há mais de 20 anos. E sempre junto com ele está o “pretinho”, cachorro de estimação de Nilson. (Confira aqui como foi a apuração dos votos em Assis)
Em Assis, o futuro vereador é conhecido como Nilson do cachorro, por causa do companheiro que vai com ele para todos os lados e devido a toda essa popularidade, ele resolveu se lançar a candidatura de vereador. “Esse resultado foi um surpresa para mim. Eu pensei que eu ia pegar uma base de uns 800 votos, então foi inesperado”, conta.
Nilson tem 72 anos, o ensino fundamental completo e é funcionário da cooperativa de reciclagem. Os colegas de trabalho gostaram da vitória dele nas urnas. “Surpreendeu bastante a cidade de Assis, que acreditou nele e acho que ele vai ter bastante projetos lá na Câmara”, destaca André Lemes, presidente da cooperativa.
A partir de 1º de janeiro ele vai ocupar uma das 15 cadeiras na Câmara Municipal de Assis e já sabe como vai trabalhar. “Eu gosto muito dos animais e vou trabalhar por eles e também nos Postos de Saúde para que não faltem medicamentos”, promete. O salário de vereador em Assis é de R$ 4,2 mil. (Via: G1)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Eleições 2016: Apenas dois municípios do Pajeú serão administrados por mulheres

Em Brejinho, no Alto Pajeú, Tânia Maria venceu o seu adversário Francisco de Sales (Chico Dudu) e administrará o município a partir de janeiro. O outro município que passará a ser comandado por mulher é Calumbi, com uma curiosidade: neste pleito a disputa aconteceu entre duas mulheres, Sandra da Farmácia e Aline Cordeiro, com Sandra vencendo o pleito com 598 votos de diferença para Aline. O terceiro candidato, Arnaldo Moura, obteve apenas 90 votos. No pleito de 2012, foram eleitas para governar os municípios de Solidão e Flores, também duas mulheres: Cida Oliveira (Solidão) e Soraya Morioka (Flores). Uma conclui seu mandato fazendo o s ucessor, Djalma da Padaria. A outra, perdeu para Marconi Santana. (Por Anchieta Santos)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Lula não consegue eleger o filho como vereador em São Bernardo do Campo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sofre uma derrota dentro de casa na eleição deste domingo. Marcos Lula, seu filho, não conseguiu se reeleger vereador em São Bernardo do Campo. Ele teve apenas 1.504 votos, menos da metade dos 3.882 obtidos em 2012, e foi o 58º na disputa por 28 vagas.
Além do filho do ex-presidente, o candidato do PT a prefeito da cidade, Tarcisio Secoli, ficou em terceiro lugar e está fora do segundo turno. A cidade, berço do partido, é governada há oito anos por Luiz Marinho, um dos principais amigos de Lula na política e foi beneficiada por generosos repasses de verbas federais enquanto o PT esteve no Planalto. O segundo turno da disputa para prefeito na cidade de Lula será entre o tucano Orlando Morando, que teve 45,07% dos votos, e Alex Manente, do PPS, que ficou com 28,41%. O petista obteve 22,57% dos votos válidos.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...