PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Governadores do Nordeste fazem convite a Bolsonaro

Representando os gestores do Nordeste, o governador reeleito do Piauí, Wellington Dias (PT), único da região a participar do encontro com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), em Brasília, entregou, nesta quarta (14), uma carta com reivindicações e convidou o futuro chefe do Executivo para encontro com os governadores da região na próxima quarta-feira, na Capital Federal. Bolsonaro, todavia, ainda não confirmou a reunião. Na carta, a ausência dos demais governadores é justificada por missões no Brasil e no exterior.
A pauta da agenda solicitada seria “fomento ao crescimento econômico para geração de emprego e também a prioridade para o Plano Nacional de Segurança”. “Destacamos, inicialmente, a importância do trabalho em conjunto para a superação dos altos índices de violência registrados no Nordeste, ponto essencial para a melhoria da qualidade de vida. Do total de assassinatos registrados no Brasil, o Nordeste concentra 40,5% dos casos, em sua maioria, provocados por armas de fogo”, diz a carta.
⏩    Mostrar matéria completa  
Os governadores nordestinos também pediram pautas específicas, como liberação de empréstimos para investimentos, prioridade para programas de recursos hídricos, apoio à agricultura familiar, retomada de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e Minha Casa Minha Vida, operações de crédito especial através do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), posição contrária a venda da Chesf e Eletrobras e desoneração do PIS/Cofins do saneamento, entre outras coisas. “Entendemos que estas medidas são essenciais para a retomada rápida do processo de desenvolvimento, geração de emprego e redução das desigualdades no Nordeste”, diz o documento.
Os gestores eleitos do Nordeste estavam organizando reunião no próximo dia 21 para discutir pautas de interesse regional e nacional para apresentar a Bolsonaro. Combinado com os demais governadores, Dias convidou o presidente eleito para participar deste encontro ou de realizar uma reunião logo após a posse como presidente da República.
Os governadores Paulo Câmara (PSB), de Pernambuco, e Renan Filho (MDB), de Alagoas, estão de férias. Rui Costa (PT), da Bahia, e Camilo Santana (PT), do Ceará, estão em missão no exterior. João Azevêdo (PSB), da Paraíba, Fátima Bezerra (PT), do Rio Grande do Norte, Belivaldo Chagas (PSD), de Sergipe, e Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão, estão no Brasil, mas também não compareceram. O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), participou do fórum.
De férias, Câmara retorna ao Brasil no dia 20. O Palácio do Campo das Princesas confirmou que, caso Bolsonaro confirme presença, o governador pernambucano participaria da reunião. A deputada federal Luciana Santos (PCdoB), eleita vice-governadora, iria representar Câmara no encontro de ontem, mas – como houve a ação combinada entre os gestores – recuou.
A crítica dos nordestinos é pelo fato da reunião ter caráter eminentemente político e não administrativa-institucional. Ela foi convocada por governadores eleitos aliados de Bolsonaro – João Doria (PSDB), de São Paulo, Wilson Witzel (PSC), do Rio de Janeiro, e Ibaneis Rocha (MDB), do Distrito Federal. Todos os nordestinos apoiaram o candidato derrotado Fernando Haddad (PT), que, por sua vez, venceu em todos os estados.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...